Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Casimiro comenta entrevista de Autuori no Cruzeiro: ‘Parece que está desinteressado’

Streamer reagiu à entrevista coletiva do técnico interino do Cruzeiro até o fim da temporada 2023

O streamer Casimiro Miguel comentou, na madrugada desta quarta-feira (15), a entrevista coletiva de apresentação de Paulo Autuori no Cruzeiro. Então diretor-técnico celeste, o agora treinador vai comandar a equipe de forma interina até o fim da temporada 2023.

Para Cazé, Autuori demonstrou desinteresse a partir da expressão corporal em toda coletiva. O experiente treinador, de 67 anos, vai atuar como técnico cruzeirense pela quarta vez na carreira.

“A expressão corporal do Autuori, durante toda coletiva, tipo assim, p*, se você for ver, é assim o tempo todo, tá ligado? Tipo assim, parece que ele está desinteressado de tudo, aí ele bota a mão assim, ele bota a mão assim, ele bota a mão assim, ele vai aqui, p*, tá ligado?”, disse Casimiro, durante live na Twitch.

“Só que, aí a resposta dele foi a seguinte: p*, eu não preciso ficar, p*, falando como um filha da p* aqui para parecer que estou trabalhando, entendeu? Eu entendi esse fato, isso que ele falou, é verdade”, completou.

Autuori, diretor-técnico celeste desde agosto, substituirá Zé Ricardo, demitido no último domingo (12).

“Mas ele faltou responder a outra pergunta da base. E se ele falou que os profissionais que passaram fizeram um bom trabalho, isso eu não vi, é loucura”, também afirmou Casimiro.

O Cruzeiro está na 17ª posição do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos em 32 jogos, abrindo a zona de rebaixamento para a Série B de 2024.

No sábado (18), às 18h30, Autuori fará a sua estreia na partida contra o Fortaleza, no Castelão, em jogo atrasado da 30ª rodada do Brasileirão. O Leão do Pici é o 12º do campeonato, com 43 pontos em 32 jogos.

O último trabalho de Autuori como técnico

Antes de ser contratado pelo Cruzeiro, Autuori comandou o Atlético Nacional durante grande parte da temporada. Em 6 de julho, menos de um mês antes de chegar a Belo Horizonte, o profissional pediu o desligamento na Colômbia por “motivos pessoais”.

Autuori decidiu deixar a Colômbia logo após o sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores, quando o time se classificou para enfrentar o Racing, da Argentina. Na fase de grupos, o Atlético Nacional terminou como segundo do Grupo H, com 10 pontos, e ficou atrás do Olimpia, com 14.

Neste ano, Autuori foi vice-campeão do Torneio Apertura com os ‘Verdolagas”. Na ocasião, a equipe alviverde foi derrotada pelos Millonarios na final, nos pênaltis.

Ao todo, ele comandou o Atlético Nacional em 34 jogos, com 15 vitórias, 14 empates e cinco derrotas. O aproveitamento foi de 57,84%.

Passagens de Autuori como técnico do Cruzeiro

Em 1997, Autuori chegou ao Cruzeiro para substituir Oscar Bernardi, que deixou o clube logo no início da Libertadores. Além do título continental, conquistou o Campeonato Mineiro daquele ano.

Já em 1999, dois anos após a saída, o profissional retornou à Toca da Raposa como substituto de Levir Culpi. Sem levantar troféus, foi demitido depois de perder o Mineiro.

Em 2007, quando chegou para a terceira passagem como técnico, Paulo Autuori foi contratado para a vaga de Oswaldo de Oliveira. À época, com uma trajetória semelhante à segunda passagem, se desligou após uma goleada sofrida em um clássico, por 4 a 0, no primeiro jogo da final do Mineiro.

No geral, Autuori comandou o Cruzeiro em 86 jogos oficiais e um amistoso, com 43 vitórias, 21 empates e 23 derrotas, um aproveitamento de 49,4%.

Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Leia mais