Ouça a rádio

Compartilhe

Cruzeiro empata com o CSA e desperdiça chance de recorde na Série B

Time celeste não consegue alcançar pontuação histórica na ponta da tabela 

Cruzeiro ficou no 1 a 1 com o CSA, em Maceió

O Cruzeiro desperdiçou uma boa chance de se distanciar ainda mais na ponta da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe celeste apenas empatou com o CSA, por 1 a 1, na noite desta quarta-feira (20), no estádio Rei Pelé, em Maceió, na 19ª rodada.

Os gols do jogo foram marcados por Luvannor, para o Cruzeiro, ainda no primeiro, e por Lucas Barcelos, para o CSA, no começo da segunda etapa.

Com o empate a equipe estrelada finaliza o turno com 42 pontos, sete a mais do que o Vasco, o segundo colocado. Do quinto lugar, o primeiro fora do G4, são 14 pontos de distância.

O time de Pezzolano desperdiçou a chance de igualar um recorde de pontuação no primeiro turno da Segunda Divisão. Em 2012, o Vitória marcou 44 pontos em 19 rodadas, registro máximo desde 2006, quando a competição passou a ser disputada neste formato.

A próxima partida do Cruzeiro está marcada para sábado (23), às 16h, contra o Bahia, no Mineirão, na primeira rodada do returno da Série B. Já o CSA visita o Criciúma, na segunda (25), no Heriberto Hulse, em Santa Catarina.

Polêmica

Os jogadores do Cruzeiro reclamaram de um pênalti em Luvannor no começo do segundo tempo. Diego Renan derrubou o camisa 90 na área, mas o árbitro mandou o lance seguir. Na sequência saiu o gol de empate do CSA.

Na bronca com o apito

O técnico Paulo Pezzolano voltou a ser expulso. O treinador reclamou bastante de uma falta aos 43 minutos do primeiro tempo, quando Edson deu um carrinho forte em Rômulo. O uruguaio reclamou acintosamente, até descontrolado, tocou no árbitro e acabou recebendo o vermelho.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store