Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Espanha: autora de gol do título mundial reage à morte do pai

Jogadora ficou sabendo da morte do pai apenas após a final entre Espanha e Inglaterra e lamentou a notícia nas redes sociais

Olga Carmona, autora do gol que garantiu o título inédito da Copa do Mundo Feminina à Espanha neste domingo (20), se pronunciou após a notícia que havia perdido o pai antes da grande final do Mundial Feminino.

“E, sem saber, eu tinha minha estrela antes do jogo começar. Eu sei que você me deu forças para alcançar algo único. Eu sei que você tem me observado esta noite e que está orgulhoso de mim. Descanse em paz, pai”, escreveu a atleta nas redes sociais.

A morte do pai da atleta foi comunicada pela Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). Ele faleceu antes da final, mas Olga só ficou sabendo depois da partida.

“A RFEF lamenta profundamente a morte do pai de Olga Carmona. A jogadora de futebol soube da triste notícia após a final da Copa do Mundo. Enviamos nossos mais sinceros abraços a Olga e sua família em um momento de profunda dor. Amamos você, Olga, você é a história do futebol espanhol”, escreveu a Federação.

Gol na final

Olga fez o gol que deu o título do Mundial Feminino à Espanha, aos 29 minutos do primeiro tempo. Ela recebeu passe da atacante Mariona Caldentey e finalizou cruzado de dentro da área, sem chances para a goleira inglesa Mary Earps.

A Espanha foi campeã da Copa do Mundo Feminina pela primeira vez neste domingo (20). As espanholas vieram do Grupo C e se classificaram em segundo lugar. No mata-mata, passaram pela Suíça (5 a 1), da Holanda (2 a 1), da Suécia (2 a 1) e superaram a Inglaterra (1 a 0) na grande final.

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais