Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Após onda de calor, cidade de Minas é mais quente do Brasil

Salinas, no Norte de Minas, e Itaobim, no Vale do Jequitinhonha, estão entre as mais quentes do país

Salinas registra a temperatura mais elevada do Brasil

Salinas registra a temperatura mais elevada do Brasil

Reprodução @prefeiturasalinas

A onda de calor que atingiu Minas Gerais chegou ao fim oficialmente há 17 dias, mas cidades de Minas Gerais continuam registrando calor intenso. É o caso de Salinas, no Norte do estado, que foi a cidade mais quente do Brasil nessa terça-feira (28). A medição é feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os termômetros marcaram 39,1°C.

Outra cidade de Minas também aparece na lista das sete mais quentes do país. Itaobim, no Vale do Jequitinhonha, registrou 38,6°C na tarde dessa terça (28).

Veja a lista do Inmet:

  • Salinas (MG): 39,1°C

  • Ibotirama (BA): 38,9°C

  • Formosa do Rio Preto (BA): 38,9°C

  • Cuiabá (MT): 38,8°C

  • Santa Rita de Cássia (BA): 38,7°C

  • Itaobim (MG): 38,6°C

  • Correntina (BA): 38,5°C

Onde de calor vai voltar?

Informativo meteorológico divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nessa segunda-feira (27) prevê chuva intensa para as regiões Sul e Triângulo de Minas até 4 de dezembro. Também há previsão de chuva para São Paulo e Rio de Janeiro. Ou seja, Minas não deve ter outra onda de calor neste ano.

De 5 a 13 de dezembro, há possibilidade de pancadas de chuva que devem ultrapassar 50 mm, especialmente nas regiões Sul e Triângulo Mineiro no Rio de Janeiro, São Paulo.

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Leia mais