Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Observatório feminino: descobrindo o mundo da dança depois dos 30 anos

O Observatório recebe a Carol Saletti, Psicóloga, Especialista em Psicomotricidade e Mestre em Psicologia da Saúde e do Desenvolvimento

Há 26 anos, Carol utiliza a dança como instrumento para estimular o desenvolvimento psicomotor, cognitivo, socioafetivo e criativo de seus alunos

Há 26 anos, Carol utiliza a dança como instrumento para estimular o desenvolvimento psicomotor, cognitivo, socioafetivo e criativo de seus alunos

Itatiaia

Quem aqui gosta de dançar? O nosso corpo pode contar histórias quando está dançando. Um projeto super legal, que mostra que qualquer pessoa, qualquer mulher pode dançar foi apresentado aqui em BH e agora vai virar documentário, porque nele 180 mulheres de todas as idades, com corpos diversos, dançam suas vivências, refletindo sobre a existência e também sobre a finitude.

Essas mulheres não são artistas, não dançam profissionalmente, com idades que vão dos 30 aos 85 anos! Elas dançam cerca de 20 músicas que vão desde Oração ao Tempo, de Caetano Veloso, Graças a La Vida, interpretada por Elis Regina, Emoções de Roberto Carlos, O Meu Sangue Ferve Por Você, de Sidney Magal... entre outras. A morte faz parte da vida, então pq é tão difícil falar dela? Pq mesmo sabendo que vamos morrer um dia, não falamos sobre ela como falamos sobre o nascimento?

Hoje, o Observatório recebe a Carol Saletti, Psicóloga, Especialista em Psicomotricidade e Mestre em Psicologia da Saúde e do Desenvolvimento. Há 26 anos, ela utiliza a dança como instrumento para estimular o desenvolvimento psicomotor, cognitivo, socioafetivo e criativo de seus alunos. Ela também dirige e ministra aulas para Mulheres Maduras no “Casulo”, Studio de dança.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais