Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Vídeo: homem é flagrado carregando 4 pneus em motocicleta em BH; veja se ato é infração

Condutor foi visto transportando carga na avenida Antônio Carlos; Detran explica em quais situações o transporte de carga na moto pode gerar multa e tirar pontos na carteira

Um motociclista foi flagrado carregando quatro pneus automotivos em cima de uma moto na avenida Antônio Carlos, entre os bairros Aparecida e Lagoinha, em Belo Horizonte. A carga chega a ser mais alta do que o próprio motociclista, encobrindo ele na imagem.

O condutor foi visto passando pelo trevo com a avenida Bernardo Vasconcelos e seguindo até a chegada ao Complexo da Lagoinha. No vídeo, ele aparece subindo o trecho da avenida Antônio Carlos em frente ao Hospital Belo Horizonte. Veja as imagens:

Carregar moto no pneu é infração?

A Itatiaia enviou a imagem para o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG). O órgão não afirmou que o motociclista estava cometendo uma infração, já que o condutor não foi abordado nem flagrado por uma equipe no momento que passava pelo local.

O Detran explicou que o transporte de cargas em motos é regulamentada pela resolução 943/2022 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A resolução explica que essas motos devem ter baús, grelhas, alforjes, bolsas ou caixas laterais para o transporte de carga.

A carga aberta transportada não pode ter mais de 40 centímetros de altura (medindo a partir do assento do veículo nem comprometer a visão pelo retrovisor.

O artigo 231 Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que transitar com o veículo com suas dimensões ou carga superiores ao limite estabelecido pela lei é crime. Além disso, o motofretista flagrado pelo agente de trânsito pode ainda infringir o artigo 230 do CTB, que classifica como infração “conduzir o veículo sem equipamento obrigatório ou estando este ineficiente ou inoperante; ou com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo Contran”. A infração é grave, com multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira.

Por fim, o motociclista deve sempre dirigir de forma defensiva e se manter vigilante na condução do veículo. Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança é infração leve de acordo com o artigo 169 do CTB, que prevê multa de R$ 88,38 e três pontos na habilitação.

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais