Ouça a rádio

Compartilhe

Projeto que proíbe soltura de fogos artifício em Belo Horizonte é aprovado em 2º turno

Proposta teve 35  votos favoráveis e três contrários

Proposta vai para sanção ou veto da Prefeitura de BH

O prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), decidirá se veta ou sanciona o projeto que proíbe a soltura de fogos artifício na capital. A proposta foi aprovada em 2º turno na Câmara Municipal de Belo Horizonte nessa segunda-feira (1º) por 35 votos favoráveis e três contrários.

De autoria de Irlan Melo (Patri), Miltinho CGE (PDT) e Wesley (PP), o projeto precisava do voto favorável de 21 vereadores. Miltinho apresentou ao Plenário um vídeo contendo cenas de reações de crianças autistas e animais aos ruídos dos fogos.

Antes da aprovação, os vereadores rejeitaram a proposta que determinava que a proibição se restringiria aos fogos de estampidos que ultrapassassem 120 decibéis à distância de 100 metros de sua deflagração.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store