Ouça a rádio

Compartilhe

Casal suspeito de favorecimento à prostituição infantil é preso em Salinas

A vítima de 16 anos disse à polícia que estava sendo explorada sexualmente em um bar da cidade 

A vítima de 16 anos disse à polícia que estava sendo explorada sexualmente em um bar da cidade

Um casal suspeito de favorecimento à prostituição foi preso em Salinas, no Norte de Minas, nessa sexta-feira (29), após a Polícia Militar (PMMG) ser informada que uma adolescente estaria sendo agredida. Em conversa com os militares a jovem de 16 anos, de Almenara no Vale do Jequitinhonha, disse que estava sendo explorada sexualmente em um bar às margens da rodovia BR-251.

"Nos deslocamos para o local e ao chegarmos lá, abordamos o proprietário do estabelecimento e a esposa. Ao verificar os quartos, localizamos duas menores de idade, sendo que uma delas estava desaparecida. Diante das informações, demos uma busca no local e encontramos algumas contabilidades referentes ao pagamento destinado às meninas que estavam fazendo programa", relata o tenente PM Leonardo Otoni.

Segundo a PM, a menor de 16 anos foi para Salinas, no dia 22 de julho, a convite da companheira do dono do bar para se prostituir. No local a menor contou que o programa sexual era negociado pelo valor de R$ 100 e mais R$ 30 referente ao aluguel de um quarto. Conforme o relato das adolescentes aos militares, os valores eram pagos diretamente para os donos do estabelecimento.

Ao serem questionados pelos militares, os donos do bar negaram que estivessem favorecendo a prostituição e o Conselho Tutelar foi acionado. Todos foram conduzidos para a delegacia que vai investigar o caso.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store