Ouça a rádio

Compartilhe

Suspeito de matar namorada e enterrar corpo em depósito em BH já foi condenado por feminicídio

José de Paula Vieira cumpriu mandado de prisão recentemente  e foi solto pela Justiça

José de Paula Vieira é suspeito de matar e enterrar o corpo da namorada em depósito

A Polícia Civil intensifica as buscas para prender José de Paula Vieira, de 60 anos, suspeito de matar a Regina Soares Viana, 55 anos, e enterrar o corpo em um depósito de materiais de construção, no bairro Glória, região Noroeste de Belo Horizonte. O corpo foi encontrado no último sábado (23).

A Polícia Civil informou que José de Paula foi condenado pelo assassinato da ex-mulher, em 2000, e é suspeito de ser o responsável pelo desaparecimento de Ana Paula Rodrigues da Silva, de 29 anos, em agosto de 2020, em Caratinga, Vale do Rio Doce.

A investigação da Polícia Civil aponta que José, natural de Caratinga, trabalhava no depósito há cerca de um ano e se relacionava com Regina há um mês.

Regina desapareceu no dia 16 de julho, quando o sobrinho começou a procurar por ela em diferentes locais. Em meio às buscas, foi até a empresa do namorado da tia para conversar com ele. O sobrinho suspeitou das informações passadas por José, que o impediu de entrar no depósito. Nesse sábado (23), o familiar da vítima voltou ao local com a Polícia Civil. Ao vasculharem o terreno, encontraram o corpo.

“José de Paula, de 60 anos, tem duas passagens pelo sistema prisional, entre janeiro de 2006 e julho de 2009 e, depois, entre outubro e dezembro de 2021. Recentemente cumpriu mandado de prisão e foi solto pela Justiça. Agora, é procurado pela polícia”, destaca nota da Polícia Civil.

Desaparecimento

A polícia informou que não há comprovação do envolvimento de José de Paula no desaparecimento de Ana Paula Rodrigues, em agosto de 2020. No entanto, a investigação aponta que a jovem desapareceu depois de ter saído de casa com ele, dizendo que iriam para a casa dele, no distrito de Santo Antônio do Manhuaçu. Quando a polícia o procurou, na época, José de Paula falou que deu dinheiro para Ana Paula voltar de ônibus para casa. Só que ela nunca mais foi vista. Em seguida o suspeito também desapareceu.

Qualquer informação sobre o paradeiro de José de Paula Vieira, deve ser comunicada através dos telefones 190 ou 181. Não é preciso se identificar.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store