Ouça a rádio

Compartilhe

Passageiros relatam tensão em voo que voltou para Confins por falha no trem de pouso

Aeronave precisou retornar ao Aeroporto Internacional de BH, em Confins, cerca de 20 minutos após a decolagem; não houve feridos

Passageiros foram realocados para voo na manhã desta quinta (21); eles vão receber hospedagem e voucher

Passageiros do voo 4136, da Azul Linhas Aéreas, viveram momentos de tensão na tarde desta quarta-feira (20). A aeronave, que saiu de Belo Horizonte com destino a Guanambi, na Bahia, precisou retornar ao Aeroporto Internacional da capital, em Confins, por uma falha no trem de pouso.

"Nós ouvimos realmente um barulho estranho no avião. Depois de uns 20 minutos que ele decolou, o piloto falou que a roda não tinha entrado, que ele teria que voltar para BH, e que ele ia ficar mais ou menos 40 a 50 minutos queimando combustível", afirmou Cristina Baraldi, que estava na aeronave a caminho do Estado vizinho para dar sequência ao inventário da falecida sogra.

Luciano Borchio, que ia de férias visitar o filho na Bahia, disse que o piloto explicou a situação, e agradeceu pelo desfecho feliz após mais de 40 minutos sobrevoando o Aeroporto de BH para queimar combustível da aeronave.

"A gente ficou bem apreensivo, mas o final foi feliz. A gente programou tudo nessa viagem, mas entendemos e agradecemos que, apesar de tudo, estamos todos com saúde, ninguém machucado", celebrou.

A companhia aérea confirmou que todos os passageiros foram realocados em outro voo às 8h desta quinta-feira (21). Eles receberam acomodação e um voucher de R$ 500 pagos pela empresa.
A aeronave danificada ficou no terminal para vistoria, e de acordo com a BH Airport, que administra o local, não houve interferência nos demais pousos e decolagens.

(Com informações de Felipe Quintella)

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store