Ouça a rádio

Compartilhe

Fuad diz que empresas de ônibus estão cumprindo acordo, mas espera melhoras até fim do mês 

Prefeito diz que concessionárias estão se adaptando para cumprir as contrapartidas do acordo 

Prefeito de BH, Fuad Noman

O prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman, afirmou nesta terça-feira (19) que as empresas de ônibus da capital mineira estão cumprindo as melhorias previstas no acordo e que até o final deste mês os usuários vão perceber melhoras no serviço de transporte público. 

Fuad admitiu que ainda existem problemas e que será preciso um período de adaptação para que as empresas se adaptem às contrapartidas exigidas. No dia primeiro de julho, o prefeito sancionou o projeto que repassa R$ 237,5 milhões para as empresas de ônibus, que se comprometeram a ampliar o número de viagens. 

“Já resolveu o problema? Não. Porque o combinado é (aumentar as viagens) agora 15% e até o fim do mês 30%. Tem que contratar motoristas, eles contrataram 320 novos motoristas, tem que colocar os ônibus em condições de trabalhar. Tem um período de adaptação. E nesse período, o que foi combinado está sendo feito. Esperamos que a partir do final do mês entre 100% do que foi combinado e aí vamos ter uma melhoria muito significativa. Até lá, peço que avaliem o que foi combinado. Melhorou muito, mas ainda não é o que nós queremos. A lei deu um prazo de 15 dias para eles se adaptarem ao novo modelo, esse período termina no final do mês”, afirmou Fuad. 

O prefeito disse ainda que vários problemas que estão sendo divulgados pela imprensa se referem ao transporte metropolitana e não às linhas que operam na capital mineira. 

“A televisão está mostrando o ônibus metropolitano e dizendo que é de BH. Estamos até conversando com os ônibus metropolitanos, para que haja uma coordenação. Por exemplo, à noite, temos ônibus que vão até determinado lugar e não tem ônibus metropolitano. Nós estamos pedindo para a secretaria de Infraestrutura para que façam essa conjugação. Mas, dentro do que foi combinado eles estão cumprindo todos os requisitos que nós pedimos”, disse Fuad.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store