Ouça a rádio

Compartilhe

Coronavac: Fábio Baccheretti defende vacinação contra Covid-19 a partir de 6 meses

Anvisa autorizou uso do imunizante em crianças de 3 a 5 anos de idade no Brasil

Coronavac está liberada para imunizar crianças a partir de 3 anos

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, defende a vacinação contra Covid-19 a partir dos 6 meses. Nesta semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, por unanimidade, o uso da vacina Coronavac em crianças de 3 a 5 anos de idade no Brasil.

“Ansiosos para pegar um público acima de seis meses. Vários países já iniciaram essa vacinação. Todo aumento de público é positivo para a gente vencer de uma vez a pandemia”, disse o secretário em entrevista ao jornal da Itatiaia desta sexta-feira (15).

Sobre a imunização de crianças com 3 a 5 anos, Baccheretti informou que Minas Gerais tem cerca de 80 mil doses de Coronavac em estoque, número suficiente para imunizar 40 mil crianças. O público total dessa faixa etária no Estado, no entanto, é de 530 mil. Assim, a vacinação de 450 mil pequenos dependerá da chegada de novas doses.

O secretário explicou que a vacinação vai começar em Minas com o estoque existente assim que o Ministério da Saúde incluir o imunizante no PNI. “Nosso estoque será distribuído dentro da proporcionalidade do grupo prioritário. Mas, para a gente atingir o público todo, depende de cerca de que 480 mil crianças para gente conseguir cobrir”, disse o secretário, que estima a chegada dos novos estoques em 45 dias.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store