Ouça a rádio

Compartilhe

Suspeito de ataque com drone a apoiadores de Lula e Kalil em Uberlândia está preso

Homem deu entrada no presídio de Uberlândia no sábado (2); caso aconteceu no dia 15 de junho na cidade do Triângulo

Drone usado pelo grupo foi apreendido por não ter licença de operação

Está preso em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, o agropecuarista Rodrigo Luiz Pereira, de 38 anos, tido como principal responsável pelo ataque com drone a apoiadores de Lula e Alexandre Kalil durante evento de pré-campanha realizado na cidade no dia 15 de junho. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública nesta terça-feira (5).

A medida foi tomada após pedido do Ministério Público Federal (MPF). Segundo o órgão, o suspeito teria comprado armas de fogo de forma irregular e tentou destruir provas durante busca realizada na casa dele. O homem não foi preso diretamente pela ocorrência envolvendo o drone, e também tem histórico policial por estelionato e roubo.

Ainda conforme a Sejusp, Pereira está em um presídio de Uberlândia desde sábado (2). Ele e outros homens teriam usado o equipamento para despejar um líquido sobre apoiadores que esperavam o começo do evento. Atingidos afirmaram que o produto tinha cheiro de fezes e urina, mas na verdade seria um veneno contra moscas.

Três pessoas foram presas em flagrante à época, mas liberadas depois de assinar termo circunstanciado de ocorrência. O drone usado foi apreendido por não haver licença de operação. A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Rodrigo, mas mantém o espaço aberto para esclarecimentos.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store