Ouça a rádio

Compartilhe

Publicada lei que garante reajuste de 11,77% para servidores de Belo Horizonte

Vales refeição e lanche também serão reajustados; impacto anual mais de R$ 600 milhões

Impacto anual total do reajuste e das demais concessões será da ordem de mais de R$ 600 milhões

A lei que assegura o reajuste geral de 11,77% para servidores da Administração Direta, bem como para os aposentados sem paridade de Belo Horizonte foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (5).

De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), o aumento será gradativo, sendo 5% concedido na folha de julho de 2022 (paga em agosto) e mais 6,45% em novembro de 2022 (paga em dezembro) sobre a folha já com o reajuste anterior, totalizando 11,77%. Para atender a demanda de todas as entidades, o percentual será aplicado nas mesmas datas e índices nos abonos, gratificações e adicionais recebidos pelos funcionários.

Além do salário, o valor do vale-refeição pago a todos os servidores e empregados da prefeitura, e o vale-lanche das categorias que possuem este direito, terão o o mesmo percentual do aumento salarial.

Licença paternidade

A concessão de benefícios e de avanços históricos em diversas carreiras é outro avanço que será publicado nesta terça-feira. Entre as pautas gerais, destaca-se a licença paternidade, que será ampliada de 5 para 20 dias corridos, em casos de nascimento, adoção ou guarda judicial.

O impacto anual total do reajuste e das demais concessões será da ordem de mais de R$ 600 milhões.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store