Ouça a rádio

Compartilhe

Jovem é preso ao fingir ser médico por dois meses em empresa no interior de Minas  

A diretoria a empresa chamou a polícia ao desconfiar do comportamento do profissional que atuava na empresa

Ele tinha duas carteiras de identidade com o mesmo nome, mas CPFs diferentes

Um falso médico, de 20 anos, foi preso, nessa terça-feira (28), pela Polícia Militar (PM) em Varginha, no Sul de Minas.

A diretoria de um plano de medicina de grupo chamou a corporação ao desconfiar do comportamento do profissional que atuava na empresa.

Os militares foram ao local e abordaram o suspeito.

Ele tinha duas carteiras de identidade com o mesmo nome, mas CPFs diferentes.

Além disso, ainda tinha uma carteirinha de estudante, carteira de professor de uma instituição federal e um bloco de receitas médicas da prefeitura de Monsenhor Paulo, cidade vizinha.

A polícia não informou o nome do preso. Ele teria trabalhado na empresa por dois meses.

Ele teria inda, atuado em uma festa em clube de Varginha que reuniu mais de cinco mil pessoas, no último final de semana.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store