Ouça a rádio

Compartilhe

Falso despachante de armas que se passava por PM é alvo de operação em Governador Valadares

Homem, que já estava preso, é apontado pela Polícia Civil como responsável por enganar donos de veículos  

Operação recuperou um veículo

Um homem de 30 anos que se passava por despachante de armas e por policial foi alvo de uma operação Polícia Civil em Governador Valadares, na região do Rio Doce, nessa terça-feira (21). Ele também é suspeito de aplicar diversos golpes na compra e venda de veículos, por intermédio de empresas financeiras. O prejuízo estimado chega a R$ 200.

As ações ocorreram durante a operação Fake Lawyer. Duas armas de fogo, munições, o automóvel de uma das vítimas, além de coldres, documentos e outros objetos que deverão auxiliar nas investigações foram apreendidos.

“Ele também prometia desenrolar todo o trâmite para que as pessoas pudessem ter o porte de arma. Tudo isso de maneira falsa. Então, quando era questionado pelas vítimas, ele afirmava ser policial militar, até como meio de intimidação”, disse a delegada Juliana Fiúza, que conduz as investigações.

Conforme a investigação da Polícia Civil, o suspeito oferecia juros baixos para atrair as vítimas. “Ele prometia refinanciar o veículo junto à financeira, baixando os juros, e ficava com o bem da vítima. Algumas vezes, inclusive, ele revendia o veículo”, informou a delegada

A PC destaca que as investigações continuam ‘para apurar se outras pessoas estão envolvidas nos crimes, bem como a dimensão dos danos causados às vítimas’.

O suspeito já estava preso desde o início deste mês, quando foi capturado e autuado em flagrante, no município de Teófilo Otoni, pela prática de crimes da mesma natureza.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido