Ouça a rádio

Compartilhe

Covid-19: laboratórios registram aumento de até 330% na procura por testes em Minas Gerais 

Resultados positivos tiveram aumento considerável nas últimas semanas 

Taxa de positividade vem crescendo desde abril

A procura por testes de Covid-19 e o número de resultados positivos tiveram aumento considerável em Minas Gerais nas últimas semanas. No laboratório Lustosa, por exemplo, a procura por testes cresceu 330% nos últimos 30 dias, com positividade média de 33,6%. O microbiologista da Assessoria Médica do laboratório, Hyllo Baeta, diz que a demanda deve aumentar.

“A expectativa é de aumento da procura de testagem nesta semana, tanto para diagnóstico como pré-requisito para viajar”, disse Hyllo.

O cenário é parecido com o do laboratório Hermes Pardini, conforme dados repassados pela infectologista do grupo, Melissa Valentini.

“Desde o final de abril que nós estamos percebendo um aumento na demanda de testes de RTPCR, que é o padrão ouro para diagnóstico de Covid-19. Na última semana, entretanto, houve uma queda de 5%, mas em uma demanda mais alta”, diz a médica, que alerta:

“O que nos chama a atenção é que o número de testes positivos tem aumentado semana a semana. No início de abril a gente estava em torno de 8% de testes positivos e, na semana passada, já tínhamos mais de 39% de testes positivos em Minas Gerais. Lembrando que muitas pessoas não estão testando, porque acham que é uma alergia, uma gripe (não covid).Então, possivelmente, a gente tem uma subnotificação”.

Valentini ressalta que, em razão do feriado, o número de testes positivos deve aumentar na próxima semana.

Máscaras

Em razão do aumento dos casos, Belo Horizonte foi a primeira capital do país a voltar com a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados. A medida, que entrou em vigor nessa terça-feira (14), tem validade inicial até 31 de julho.

A nova medida chega quase dois meses após a liberação do item de proteção. No dia 27 de abril, a PBH decretou que as máscaras não seriam mais obrigatórias, e no dia seguinte, um decreto foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM).

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido