Ouça a rádio

Compartilhe

Polícia prende homem suspeito de matar ex-mulher carbonizada no interior de Minas 

A professora de 45 anos estava desaparecida desde o dia 7 de maio.

Polícia prende homem suspeito de matar ex-mulher carbonizada no interior de Minas

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, na manhã desta terça-feira (14), um homem de 38 anos que estava em um hotel na cidade de São Paulo. Ele é suspeito de praticar um feminicídio e ocultar o cadáver da professora, de 45 anos, na cidade de Pará de Minas, região Centro-Oeste do Estado. A vítima foi encontrada carbonizada na cidade de Pequi, na mesma região. A professora estava desaparecida desde o dia 7 de maio.

Uma semana depois do desaparecimento da mulher, um corpo carbonizado, sem identificação, foi encontrado na cidade vizinha de Pequi. Após ser encaminhado ao Instituto Médico-Legal, o corpo passou por exames antropológicos que o identificaram como sendo da professora.

Conforme informações da Polícia Civil, as investigações foram intensificadas e nessa segunda-feira (13), investigadores em Pará de Minas tiveram a informação de que o suspeito estaria hospedado em um hotel, na região central de São Paulo. Após a expedição de mandado de prisão preventiva, os policiais civis se deslocaram para a capital paulista e na manhã desta terça prenderam o investigado, ex-companheiro da vítima, que não ofereceu resistência.

Ainda, segundo a PC, o suspeito foi encaminhado para uma delegacia no centro de São Paulo local onde foi formalizado o cumprimento da prisão. O homem foi ouvido e levado ao sistema prisional.

Ainda na manhã desta terça, o veículo da vítima foi localizado em um estacionamento em Belo Horizonte, sendo apreendido e encaminhado para perícia.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido