Ouça a rádio

Compartilhe

Varíola do macaco: homem que morreu com suspeita da doença era policial penal em Araguari 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública afirma que o servidor estava de férias 

Homem que morreu com suspeita da doença era policial penal em Araguari, no Triângulo Mineiro

A Secretaria de Estado de Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) confirma nesta segunda-feira (13) que o homem de 41 anos, que morreu em Uberaba no Triângulo Mineiro com suspeita de ter contraído a varíola do macaco, era policial penal e trabalhava no presídio da cidade de Araguari. Ainda segundo nota da Sejusp, "o policial penal citado na demanda não teve contato com os presos, uma vez que estava de férias."

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou que investiga o primeiro caso suspeito de monkeypox, chamada varíola dos macacos, no Estado. O caso foi em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Conforme a Secretaria, no último sábado (11), foi notificado um óbito suspeito da doença. O paciente é uma pessoa que mora em Uberlândia e trabalha em Araguari, no Triângulo Mineiro. Entre os contatos próximos da vítima, ainda não há casos confirmados.

"Para o diagnóstico laboratorial, a SES-MG orientou que fosse coletada a amostra para a análise pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). Todos os dados clínicos também serão avaliados pela equipe técnica da Secretaria Estadual e do Ministério da Saúde para classificação e encerramento do caso. A SES-MG, a SRS Uberlândia e as secretarias municipais de Saúde de Araguari e Uberlândia estão investigando o caso e monitorando os contatos próximos", detalha nota enviada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

"Demais dados quanto ao caso não serão divulgados para preservar a privacidade e individualidade do paciente, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP)", completa a nota.

Nenhuma morte em decorrência da doença foi registrada no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até o momento.

Segundo a SES-MG, não há nenhum outro caso confirmado ou em investigação em Minas.

Uberlândia

Já a Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, informou por meio de nota que o homem morava em Araguari e foi hospitalizado em Uberlândia, informação diferente da que foi repassada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas.

"A Secretaria Municipal de Saúde notificou um caso suspeito de varíola dos macacos no município. Trata-se de um paciente do sexo masculino, 41 anos de idade, que residia em Araguari e foi hospitalizado no Uberlândia Medical Center (UMC), rede privada da cidade, vindo posteriormente a óbito. A Secretaria ressalta que equipes da Vigilância Epidemiológica estão acompanhando o caso desde o começo e que colheram amostras laboratoriais que foram encaminhadas à Fundação Ezequiel Dias (FUNED), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, que ficará responsável pela investigação."

Araguari

Entramos em contato com a prefeitura de Araguari, mas ainda não tivemos retorno.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido