Ouça a rádio

Compartilhe

Reajuste nas contas de luz em Minas Gerais é adiado pela segunda vez

O prazo foi prorrogado até o dia 21 de junho 

O prazo para o reajuste nas contas de luz foi prorrogado até o dia 21 de junho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) prorrogou até 21 de junho a vigência das tarifas da CEMIG, que teria o reajuste tarifário anual aprovado em reunião dess terça-feira (7). A Agência espera desfecho da capitalização da Eletrobras, de PL no Congresso e de decisão sobre Itaipu para reduzir a tarifa.

O adiamento foi feito em acordo com a CEMIG cujo reajuste já tinha sido adiado de 28 de maio para 12 de junho. A distribuidora atende a cerca de 8,8 milhões de unidades consumidoras em Minas Gerais e tem faturamento anual da ordem de R$ 18,5 bilhões.

A capitalização da Eletrobrás deve antecipar o aporte esse ano de R$ 5 bilhões à Conta de Desenvolvimento Energético. O recurso vai possibilitar a redução do reajuste da conta de luz e, consequentemente, o impacto no bolso do consumidor.

Segundo a Cemig, em 2020 e 2021, a companhia devolveu cerca de R$ 2,2 bilhões e, como consequência, os clientes residenciais não tiveram aumento na tarifa.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido