Ouça a rádio

Compartilhe

Secretários de Zema são convocados para explicar aval a mineradora na Serra do Curral

Marília Carvalho, do Meio Ambiente, e Fernando Passalio, do Desenvolvimento Econômico, devem comparecer a audiência amanhã

Mineração da Tamisa na Serra do Curral foi autorizada pelo Governo de Minas

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou a convocação de dois secretários estaduais para explicarem a autorização do licenciamento para que a Tamisa possa explorar um terreno de mais de 100 hectares na Serra do Curral.

Marília Carvalho de Melo (Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) e Fernando Passalio (Desenvolvimento Econômico) devem comparecer a uma audiência marcada para esta terça-feira (7). Como ambos os secretários foram convocados para a reunião, eles são obrigados a irem à audiência.

A comissão também convidou representantes da Defesa Civil estadual e dos municípios de Belo Horizonte e Nova Lima, que são diretamente atingidos pelo empreendimento da Tamisa.

A audiência é um pedido do deputado Sargento Rodrigues (PL), presidente da Comissão de Segurança Pública. Segundo ele, as intervenções realizadas pelo chamado Complexo Minerário Serra do Taquaril (CMST) pode afetar não só o meio ambiente da região, mas refletir em toda a população que vive no entorno.

Licença aprovada

A Tamisa teve a Licença Prévia e Licença de Instalação aprovadas em uma reunião do Comitê de Atividades Minerárias (CMI), do Conselho de Política Ambiental (Copam), em uma reunião no dia 30 de abril.

Na prática, a construção do CMST pretende retirar 31 milhões de toneladas de minério de ferro ao longo dos próximos 13 anos em uma região que fica localizada na Serra do Curral, entre os municípios de Belo Horizonte, Nova Lima e Sabará. 

O projeto prevê o desmatamento de mais de 41 hectares de vegetação nativa remanescente de Mata Atlântica - o dobro da área construída do estádio Mineirão. Desse total, quase seis hectares estão localizados dentro de uma Área de Preservação Permanente (APP). 

A mineração Taquaril fica localizada a cerca de 1,5 km do Parque das Mangabeiras e a menos de 5 km de pontos importantes da capital mineira, como a Praça da Savassi, o Parque Municipal e a Estádio Independência. 

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido