Ouça a rádio

Compartilhe

Motorista morre esmagado por ônibus na garagem da empresa e funcionários protestam em Juiz de Fora 

Homem de 62 anos foi atropelado e sindicato denuncia precariedade no transporte coletivo

Motoristas protestam após colega ser esmagado na garagem da empresa em Juiz de Fora

O motorista de ônibus de 62 anos, Francisco Venâncio Pereira da Silva, morreu na madrugada deste sábado (4), em Juiz de Fora na Zona da Mata Mineira, após ser atropelado e esmagado por um ônibus da linha 707 dentro da garagem da empresa onde trabalhava. Em protesto, funcionários paralisaram as atividades neste sábado.

De acordo com informações repassadas pela polícia militar, a vítima conversava na guarita da empresa, momento em que foi atropelado e prensado contra a parede. O ônibus, que estava estacionado na rampa e com um motorista ao volante, desceu de ré e o freio não funcionou, vindo a esmagar o corpo de Francisco Venâncio, atingindo ainda uma motocicleta de um funcionário e um outro ônibus.

A perícia da Polícia Civil apura as causas do acidente.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (SINTTRO), Wagner Evangelista, em entrevista à repórter Désia Souza denuncia precariedade no transporte coletivo urbano de Juiz de Fora. "O sindicato já vinha sinalizando pra prefeitura a manutenção irregular dos ônibus. Cobramos da empresa também e fizemos uma denúncia junto ao Ministério Público frente ao risco que nós, trabalhadores, estávamos correndo de um acidente desse acontecer e com a população também."

Como a Itatiaia acompanha, a prefeita Margarida Salomão gravou um vídeo na manhã deste sábado falando sobre a precariedade do transporte coletivo e citou a luta judicial que tem ocorrido entre prefeitura e consórcios devido ao contrato atual que está em vigência.

"O maior problema da cidade é o transporte coletivo. Os usuários sofrem com os efeitos de um contrato mal feito, então, nós estamos nesse momento com ações sendo desenvolvidas para modificar essa situação e termos, eu espero, que no segundo semestre um desempenho muito melhor".

Nota da Tusmil

“A Tusmil está desolada com o fato ocorrido em sua garagem, lamentando enormemente esta tragédia com um de seus colaboradores, e ainda num momento em que vem sendo atacada de todas as formas, quando todos vivem dias de insegurança e angústia. Mas é preciso que as pessoas não se deixem levar por explicações “fáceis” e oportunistas.

O carro envolvido no acidente passou por manutenção no dia 31 de maio último, circulou normalmente na data de ontem, sendo que, no momento em que estava sendo recolhido, já na rampa de acesso à garagem, o motorista o paralisou na subida, sem puxar o freio de mão.

As perícias foram acionadas e os trabalhos já estão sendo realizados para apurar a real causa.

Os demais carros foram impedidos de sair para a prestação do serviço, independente da vontade da empresa, que está trabalha está trabalhando para retomar a operação, fazendo tudo ao seu alcance para reduzir o impacto sobre a população, além de acolhe a família do colaborador e a todos na empresa.“

*Com informações da repórter Désia Souza

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido