Ouça a rádio

Compartilhe

Homem é condenado a 48 anos de prisão por matar a esposa e o namorado dela no Norte de Minas

O Tribunal do Júri de Montes Claros decidiu pela condenação do réu que vai cumprir a pena em regime fechado

Mulher e amante foram mortos pelo marido no ano passado

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) obteve a condenação de um homem acusado de matar a esposa e o namorado dela em maio de 2021, em Claro dos Poções, no Norte de Minas. O Tribunal do Júri de Montes Claros, onde aconteceu o julgamento, condenou o homem à pena de 48 anos de prisão em regime fechado.

Conforme denúncia do MPMG, o feminicídio foi na residência do casal. Aos jurados, o promotor de Justiça Guilherme Roedel apontou que o homem, após iniciar uma discussão com a mulher em função de não aceitar o pedido de divórcio e ao tomar conhecimento que ela estava se envolvendo com outra pessoa, atacou e matou a mulher com vários golpes de faca, na frente da filha do casal. A denúncia apontou que ele agiu por motivo torpe, meio cruel, com a utilização de meios que dificultaram a defesa da vítima e pelo fato dela ser mulher.

Ainda segundo a denúncia, após matar a mulher, o denunciado atacou e matou com golpes de faca o namorado da esposa, em um cruzamento no centro da cidade.

“Necessário observar que se trata de duas condutas brutais, de extrema gravidade, com ostensiva perturbação da ordem pública, e, por esse motivo, mantenho a prisão preventiva”, diz trecho da sentença, que indeferiu o direito dele de recorrer em liberdade.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido