Ouça a rádio

Compartilhe

Agentes endurecem fiscalização e vão atrás de falsos corretos de imóveis em Belo Horizonte

Somente nos três primeiros meses deste ano foram mais de 400 autos de infração por exercício ilegal da profissão em Belo Horizonte  

Falsos corretores estão com os dias contatos em Belo Horizonte. Até sexta-feira (27), 17 agentes vão percorrer a grande BH atrás de pessoas que exercem ilegalmente a profissão de corretor de imóveis.

A operação é realizada pelo Conselho Regional da Categoria em Minas que, somente no primeiro trimestre deste ano, lavrou mais de 400 autos de infração.

O diretor de fiscalização da entidade, Elton Freitas, explica como será feita a fiscalização. "O Conselho Regional de Corretores de Imóveis vem recebendo um número muito grande de denúncias de falsos corretores de imóveis e também empresas que vem praticando atos ilegais dentro do mercado imobiliário. Nesta semana, em caráter especial, faremos na cidade de Belo Horizonte e em todas as cidades que fazem parte da grande BH uma fiscalização mais intensa no intuito de coibir o exercício ilegal da profissão e também para orientar."

Para exercer a profissão as pessoas precisam fazer um curso de Técnico em Transação Imobiliária ou o curso superior de Gestão em Negócios Imobiliários. "Após a conclusão de um desses cursos, a pessoa deve procurar o nosso conselho para fazer a inscrição. A punição pra quem exerce a profissão ilegalmente pode chegar a 90 dias de prisão para o infrator", detalha Elton Freitas em entrevista ao repórter Matheus Oliveira.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido