Ouça a rádio

Compartilhe

Acusado de envolvimento na morte de motoboy em pizzaria é condenado a 12 anos de prisão

Vítima teria separado confusão entre um amigo e dois homens, mas acabou morto; um dos acusados já tinha sido condenado pela Justiça

Jephrey Henrique da Silva, de 36 anos, foi condenado por ser mandante do assassinato de um jovem, de 22 anos, que era motoboy em uma pizzaria no bairro Paulo VI, região Nordeste de Belo Horizonte, em junho de 2017. A decisão foi confirmada nesta segunda-feira (23) pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

O réu foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado. A juíza Bárbara Heliodora Bonfim, do 1o. Tribunal do Júri de BH, concedeu a ele o direito de recorrer em liberdade. Fábio Leonardo da Silva Leite, responsável pela execução da vítima e primo de Jephrey, já foi condenado pela Justiça.

Segundo as investigações, o réu se desentendeu com um amigo da vítima por conta do furto de uma moto. O jovem tentou separar a briga, o que desagradou o homem tido como mandante do homicídio. 

Os primos foram embora do estabelecimento naquele momento, mas voltaram no dia seguinte procurando o amigo da vítima, mas ele não foi encontrado. Horas depois, eles voltaram ao local e executaram um jovem com um tiro na nuca. Ambos não tinham antecedentes criminais.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido