Ouça a rádio

Compartilhe

Escolas particulares de BH suspendem aulas presenciais após casos de Covid-19

Colégios da rede particular obedecem norma técnica da Prefeitura de BH, que indica suspensão das aulas quando determinado número de alunos testa positivo para coronavírus

Duas escolas de Belo Horizonte anunciaram a suspensão das aulas presenciais por conta de casos confirmados da Covid-19 nos alunos. Até o momento, os colégios Santo Agostinho e Sagrado Coração de Jesus foram afetados novamente pelo vírus, e colocaram algumas turmas em regime online de ensino.

O Santo Agostinho confirmou, em nota, que sete turmas precisaram da medida, mas não determinou o número exato de estudantes contaminados. A instituição relembrou a nota técnica vigente em BH, que recomenda a suspensão por dez dias corridos quando 10% dos estudantes da turma forem infectados. A manutenção das medidas preventivas, incluindo uso de álcool em gel e máscaras, seguem sendo recomendadas nas dependências do colégio.

Por sua vez, o colégio Sagrado Coração de Jesus confirmou que duas turmas estão em regime online - uma do 2º ano do Ensino Fundamental, e outra do 2º ano do Ensino Médio, também por terem ao menos 10% dos estudantes infectados. A previsão, segundo a instituição, é que as aulas para as duas turmas sejam retomadas na modalidade presencial nos dias 23 e 30 de maio, respectivamente.

Conforme a última atualização do boletim epidemiológico na capital, de terça-feira (17), a incidência da Covid-19 a cada 100 mil habitantes chegou a 45,1 casos acumulados - 32% a mais que na semana anterior. A prefeitura já estuda o possível retorno da obrigatoriedade do uso de máscaras em lugares fechados.

A Itatiaia procurou o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (SINEPE/MG), mas ainda não teve retorno.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido