Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Vídeo: policial aposentado reage a assalto, atira em suspeito caído e mata 2 em SP

PM chegou a entrar em luta corporal com um dos suspeitos mesmo após alvejar o criminoso, que seria filho de um sargento paulista

Ação do policial aposentado foi filmada por uma testemunha

Ação do policial aposentado foi filmada por uma testemunha

Reprodução/Redes sociais

Dois suspeitos morreram baleados enquanto tentavam assaltar um policial militar aposentado na rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos (SP), na tarde de sábado (11). O PM reagiu à ação dos criminosos e atirou contra os suspeitos. Um dos ladrões seria filho de um sargento da Polícia Militar paulista.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que o policial atira na direção de um suspeito. O outro tenta fugir, cai ao correr e levanta uma das mãos, dando a entender que estava se rendendo. Mesmo caído, ele é alvejado pelo menos três vezes. Ferido, o ladrão se levanta, entra em luta corporal com o policial e acaba contido por outras pessoas presentes. Veja o vídeo:

Segundo o boletim de ocorrência, o militar aposentado estava com a esposa em sua moto da marca BMW quando foi abordado pelos dois suspeitos, que estavam armados e pilotavam outra moto da BMW. Ao ser revistado pelos criminosos, o militar pegou a pistola que portava e disparou contra os suspeitos. O policial não soube precisar quantos disparos foram feitos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar foram acionadas, assim como uma equipe de resgate, mas os dois criminosos morreram no local. De acordo com o portal UOL, um dos ladrões foi identificado como Marcos Monteiro da Silva, filho de um sargento da PM paulista que atua na zona sul de São Paulo.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso foi registrado como homicídio, tentativa de roubo de veículo e excludente de ilicitude (legítima defesa). Além disso, houve o registro de apreensão de veículo roubado, já que a moto usada no crime havia sido tomada de assalto na sexta (10). O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais