Ouça a rádio

Compartilhe

Mulher passa por cirurgia plástica, diz que ficou com 'seios tortos' e alega 'sumiço' do médico

Ao todo, oito mulheres já prestaram depoimento contra o cirurgião plástico

Bolívar foi preso na segunda (18) acusado de manter paciente em cárcere privado

Muitas pessoas têm o sonho de realizar cirurgias plásticas para aumentar a autoestima ou para corrigir "defeitos" que as incomodam em seus corpos. No caso de Vanessa Miranda, de 41 anos, que passou por uma mastectomia dupla e colocou silicone em 2013, o objetivo era prevenir-se de um câncer. Porém, o procedimento realizado por Bolívar Guerrero Silva não deu certo, deixando a mulher com "seio torto", além de muitas dores. Oito pacientes prestaram depoimento contra o cirurgião na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), em Duque de Caxias, no Rio.

Há três anos, Vanessa entrou na Justiça alegando sérios problemas de saúde após a intervenção cirúrgica, e alegou que, como Bolívar já havia operado diversas artistas, acreditava que os valores dos procedimentos eram, inclusive, muito baixos.

Conforme a vítima, o médico sequer olhou os exames de risco cirúrgico e não realizou um acompanhamento pessoal posteriormente.

"Quem tirou o dreno do meu peito foi a secretária dele. Deixou um buraco enorme”, enfatizou.

Segundo relatos da paciente, ao relatar as fortes dores, Bolívar teria chamado a mulher de "louca".

Exames comprovaram ineficácia do tratamento

Insatisfeita com o resultado da cirurgia e sentindo dores, Vanessa fez uma ressonância, que constatou que ainda restava um pouco da mama e que a prótese colocada pelo cirurgião estava por cima do seio. De acordo com ela, o médico nunca mais a atendeu depois disso.

"Tentei falar com ele, mas nunca mais me atendeu desde o dia que me chamou de louca. Desde então, vivo com dores, não consigo dormir direito, parei de trabalhar e faço tratamentos psicológicos para lidar com as dores", desabafou.

Cárcere privado motivou prisão de médico

Suspeito de manter uma paciente em cárcere privado em uma clínica particular de Duque de Caxias, Bolívar foi preso na última segunda-feira (18).

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store