Ouça a rádio

Compartilhe

Veja quem são as vítimas de militar que matou oito pessoas no Paraná

Outras duas pessoas também foram mortas; agente era lotado no 19º Batalhão em Toledo e tirou a própria vida após a chacina 

O policial militar matou a própria família no Paraná

Um policial militar matou a própria família durante a madrugada desta sexta-feira (15), em Toledo e Céu Azul, cidades do Oeste do Paraná. Após os assassinatos, o homem tirou a própria vida. Entre as vítimas estão dois filhos, a mãe, a esposa e um irmão, além de uma enteada e duas pessoas que estavam na rua.

Fabiano Junior Garcia era lotado no 19º Batalhão em Toledo. Segundo o boletim de ocorrência, ele matou inicialmente a mulher, Kassiele Moreira, e a enteada Amanda Mendes Garcia, de 12, na casa onde moram em Toledo (PR).

Em seguida, foi até a casa onde a mãe, Irene Garcia, de 78, morava com o irmão Claudiomiro Garcia, de 50, e matou os dois. Na saída, matou aleatoriamente dois jovens que passavam pela rua, Kaio Felipe Siqueira da Silva e Luiz Carlos Becker.

Fabiano dirigiu ainda até Céu Azul, a 65 km de distância, e matou os dois filhos mais novos, Miguel Augusto da Silva Garcia, de 4 anos, e Kamili Rafaela da Silva Garcia, de 9.

O militar teria então retornado para Toledo e se deparou com uma equipe da PM que prestava atendimentos no local onde ele havia matado a mulher e a filha. Ele então passou em baixa velocidade pelo local e, após estacionar o carro, disparou conta a própria cabeça, segundo os policiais.

Equipes de socorro foram acionadas, mas apenas puderam constatar o óbito de Fabiano Garcia, que estava com uma arma de fogo funcional, bem como munições e carregadores, além de uma faca que possivelmente foi utilizada no homicídio da mãe. Ainda segundo informações da polícia, o PM estava em processo de separação e tinha dívidas. Segundo colegas, Garcia era considerado um bom policial.

Veja quem são as vítimas, segundo informações da Polícia Militar:

Kassiele Moreira Mendes Garcia, esposa, de 28 anos

Miguel Augusto da Silva Garcia, filho, de 4 anos

Kamili Rafaela da Silva Garcia, filha, de 9 anos

Amanda Mendes Garcia, enteada, de 12 anos

Irene Garcia, mãe, de 78 anos

Claudiomiro Garcia, irmão, de 50 anos

Kaio Felipe Siqueira da Silva, desconhecido do PM, 17 anos

Luiz Carlos Becker, desconhecido do PM, 19 anos

Leia a nota da PM sobre o caso:

A Polícia Militar está consternada e lamenta profundamente o ocorrido nas cidades de Toledo-PR e Céu Azul-PR.

O policial militar que prestava serviços no 19º Batalhão em Toledo não tinha histórico de problemas psicológicos e atuava como motorista do Coordenador do Policiamento da Unidade.

Desde dezembro de 2020 a região conta com o apoio do programa PRUMOS, que disponibiliza atendimento psicológico aos militares, com profissionais contratados para atuar nas Organizações Policiais Militares.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store