Ouça a rádio

Compartilhe

Bolsonaro quer CPI dos combustíveis e Lira cobra renúncia do presidente da Petrobras

Empresa anunciou 14º reajuste do ano: 14% para o diesel e 5% para a gasolina

Presidente quer o fim da paridade dos preços da Petrobras com o dólar

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nesta sexta-feira (17), ter pedido ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), que abra uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os reajustes nos preços dos combustíveis pela Petrobras. A declaração foi dada a uma rádio do Rio Grande do Norte, Estado onde Bolsonaro esteve mais cedo para entregar títulos fundiários.

"Conversei há poucos minutos com Lira. Ele está reunido agora com líderes e a nossa ideia é propor uma CPI apra investigarmos o presidente, diretores, o Conselho Administrativo e Fiscal. Queremos saber se tem algo errado nesta conduta deles. É inconcebível conceder reajustes com os preços lá em cima e com os lucros exorbitantes da Petrobras", afirmou.

Lira

Arthur Lira criticou o aumento dos lucros da empresa e cobrou a renúncia do presidente da companhia. "O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa - o Brasil - e, pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país".

Com a pressão, os papéis da empresa recuavam até 9% na tarde desta sexta-feira (17) na Bolsa de Valores.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido