Ouça a rádio

Compartilhe

PF investiga 5 suspeitos por desaparecimento de Dom e Bruno

Força-tarefa busca elementos para chegar ao mandante do crime após encontrar segmentos de corpos em mata fechada

Caso Dom e Bruno: investigação entra em segunda fase com busca por suspeitos

A força-tarefa que trabalha no caso do desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira investiga, ao todo, cinco pessoas que possam ter envolvimento com o possível assassinato.

De acordo com informações da GloboNews, entre eles, estão três suspeitos de envolvimento direto na morte dos dois, um suspeito de tentar esconder os corpos em uma região de mata fechada e um possível mandante do crime.

Veja mais: Imprensa internacional destaca assassinatos de Bruno e Dom na Amazônia

Dois deles já foram presos temporariamente: os irmãos Amarildo da Costa Oliveira, o 'Pelado', e Oseney Costa de Oliveira, o 'Dos Santos'. O primeiro confessou, na noite de terça-feira (16), que teria matado Dom e Bruno e levou os policiais até o local do crime e da tentativa de esconder os corpos, em um local de mata fechada.

Força-tarefa localizou restos de corpos em local de mata fechada

Os segmentos encontrados pela força-tarefa foram encaminhados hoje ao Instituto Nacional de Criminalística, em Brasília.

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta quarta, o superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Eduardo Alexandre Fontes, confirmou que as investigações entraram em uma segunda fase depois que os corpos foram localizados. No entanto, ele frisou que é preciso que a perícia confirme que os segmentos encontrados são mesmo de Dom e Bruno.

"Novas prisões devem ocorrer a qualquer instante. Todas as forças estão unidas, integradas, trabalhando de forma ininterrupta para o esclarecimento deste caso", afirmou Fontes.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido