Ouça a rádio

Compartilhe

Metade dos casais não vai ganhar presente neste Dia dos Namorados, aponta pesquisa

Dos 35% que já decidiram dar presentes, a maioria gastou de R $50 a R$ 200 

Roupas, sapatos e acessórios lideram a lista de itens procurados

Metade dos casais não vai ganhar presente neste Dia dos Namorados. Este é o resultado de um levantamento nacional, feito pela Associação Comercial de São Paulo. Segundo a pesquisa, 49,3% dos entrevistados afirmaram não ter comprado nada para o amado ou para a amada. Outros 15% ainda não decidiram se vão ou não desembolsar uma graninha com os parceiros e parceiras.

Dos 35% que já decidiram dar presentes, a maioria gastou de R $50 a R$ 200, no máximo. Roupas, sapatos e acessórios lideram a lista de itens procurados. Pensando nisso, a reportagem da Itatiaia foi às ruas para saber como os casais vão passar este domingo especial:

Luiz Felipe e Isabela adoram frequentar a Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. Nesse Dia dos Namorados, eles planejam fazer algo especial. Isabela acredita que a data é importante para “fortalecer” a relação, um motivo para se encontrarem e fazerem algo diferente.

"Fica um clima romântico no ar. E esse ano caiu no final de semana, o que ajuda, né?”, disse ela. Já o Samuel e a Rafaela, de 19 anos, estão juntos há apenas seis meses. Ele disse que, como é o primeiro Dia dos Namorados deles, vai ter presente e surpresa.

“Acho que ela vai gostar do presente que escolhi. Eu estava em dúvida sobre o que comprar, aí perguntei pra minha mãe, pra minha irmã e elas me deram umas ideias. Mas quando cheguei na loja, percebi que tinha outra coisa que era a cara dela. Vai ser sucesso, vai ser sucesso”, acredita ele.

José Pires e Isabel estão juntos há 39 anos e revelam uma dica para que o relacionamento seja duradouro: celebrar a relação não apenas nas datas especiais.

“A gente, de vez em quando, troca um presente, que é um símbolo do amor, né? Também sempre passamos o Dia dos Namorados lembrando o que significam esses símbolos de amor, do sentido de estarmos juntos… Acho que é por aí. O presente tem que ser todo dia. Todos nós estamos precisando de carinho, né? Não só entre os casais, mas entre todo o mundo mesmo. Então, eu acho que é bacana sim ,esse marco, esse dia especial!”, disse Isabel, lembrando que não basta dar um presente legal no Dia dos Namorados e no resto do ano tratar mal a companheira.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido