Ouça a rádio

Compartilhe

Cachorro-vinagre, espécie raríssima no país, é resgatado após ser tratado como cão doméstico 

O animal será levado para um zoológico de Brasília, onde ficará com uma fêmea 

Animal foi encontrado saudável

Um cachorro-vinagre, um dos animais mais raros do país e que está em extinção, estava sendo tratado como cão doméstico em uma chácara em Paranatinga, em Cuiabá, no Mato Grosso. O animal, que recebeu o nome de “Juca”, foi resgatado pela Polícia Ambiental.

Ao G1, o comandante da Polícia Ambiental, tenente-coronel Renato Carneiro Macedo, disse que os moradores do imóvel alimentaram e acolheram o animal até que ele fosse resgatado.

"Um pessoal em uma região de chácara se deparou com ele ainda filhote, provavelmente perdido da mãe. Por ele ser da família dos cachorros domésticos e ter uma proximidade com o ser humano, essas pessoas começaram a fornecer alimento para ele e ele foi se habituando com esse contato", explicou.

O cachorro-vinagre, que pertence à família dos canídeos, é “primo” de lobos-guarás, cachorros-do-mato e raposas-do-campo.

O animal foi levado para a base da polícia em Rondonópolis, onde recebeu cuidados médicos veterinários. Porém, ele não apresentou nenhum sinal de infecção, como raiva ou sarna.

Extinto em 100 anos

Espécie do Cerrado, o cachorro-vinagre pode ser extinto em no máximo 100 anos. As informações são do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Um animal desta espécie pode viver em média 10 anos e chegar até 70 centímetros de comprimento.

Por ter sido criado de forma doméstica, Juca, que tem em média 2 anos, será levado para um zoológico de Brasília, onde ganhará a companhia de uma fêmea para preservação da espécie.

"Nós já recebemos a informação de que houve interesse de duas instituições. Uma dos Estados Unidos e uma da Itália para fazer a reprodução dessa espécie. Ele é macho e querem fazer o acasalamento para a reprodução desses animais", disse o comandante ao G1.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido