Ouça a rádio

Compartilhe

Chuvas em Pernambuco deixam mais de 70 mil atingidos, contabiliza Defesa Civil

Até o momento, foram registradas 128 mortes em Recife e cidades da região metropolitana

Ao todo, 128 pessoas morreram por causa das chuvas em Pernambuco

Balanço divulgado há pouco pela Secretaria Executiva de Defesa Civil de Pernambuco informa que não houve registro de outras ocorrências com danos humanos nas últimas horas, e que, de acordo com informações repassadas à Central de Operações, há, no estado, 61.596 pessoas desalojadas e 9.631 desabrigadas, em 123 abrigos de 31 municípios.

De acordo com nota divulgada na sexta-feira (3), 128 foram a óbito em decorrência das chuvas que assolaram o estado a partir de 25 de maio.

O governador Paulo Câmara informou ter encerrado as buscas pelas pessoas desaparecidas e decretou luto oficial de três dias no estado. Disse também que concederá auxílio emergencial de R$ 1,5 mil às famílias atingidas pelas chuvas e pensão vitalícia de um salário mínimo aos dependentes de vítimas fatais. Para tanto, disse já ter enviado um projeto de lei com este propósito à Assembleia Legislativa.

O total de número de cidades que decretaram situação de emergência por conta das chuvas passou de 34 para 37.

Segundo nota divulgada hoje (5), são elas: Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, Macaparana, Moreno, Nazaré da Mata, Olinda, Paudalho, Paulista, Recife, São José da Coroa Grande, São Vicente Ferrer, Timbaúba, Abreu e Lima, Araçoiaba, Igarassu, Aliança, Glória do Goitá, Vicência, Bom Jardim, Limoeiro, Passira, São Lourenço da Mata, Pombos, Palmares, Sirinhaém, Lagoa do Carro, Tracunhaém, Chã Grande, Escada, João Alfredo, Chã de Alegria, Correntes, Água Preta, Itamaracá e Primavera.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido