Ouça a rádio

Compartilhe

Mariano completa dois anos da reestreia pelo Atlético e destaca importância de Cuca na carreira

Lateral foi treinado pelo técnico em 2009, no Fluminense

Mariano é titular do Atlético sob o comando de Cuca

Titular absoluto da lateral direta do Atlético, Mariano fazia o primeiro jogo em sua segunda passagem pelo clube há exatos dois anos, no dia 5 de agosto de 2020. A vitória sobre o América marcava o início de uma história vencedora, com títulos e boas atuações, ofuscando a turbulenta trajetória que tinha no Galo até então, sendo dispensado por indisciplina em 2008.

Treinador responsável por comandar a equipe nas conquistas em 2021, Cuca também foi fundamental no início da carreira do lateral. Após os problemas vividos em Belo Horizonte, o jogador ganhou espaço no Fluminense justamente com o técnico.

"A gente sabe a grandeza dele como treinador, os títulos que ganhou. Particularmente, tenho um carinho muito grande pelo Cuca, pela pessoa que ele é. A gente trabalhou junto em 2009, no Fluminense. Ele foi o cara que me deu a oportunidade. Na época, eu estava pedindo para sair do Fluminense, já que eu não estava tendo oportunidades lá", lembrou.

Após a campanha de recuperação em 2009, Mariano ainda foi campeão brasileiro em 2010, já sob o comando de Muricy Ramalho, antes de se transferir para a Europa e ter carreira bem sucedida no Velho Continente. No reencontro com Cuca, vieram mais conquistas no Brasil.

"Aqui no Galo eu tive o privilégio de conquistar títulos com ele (Cuca). É o que faltava para mim. É um cara super do bem, que tem seus defeitos como todo ser humano, mas é um cara que sempre quer ajudar os jogadores, os funcionários. A importância do Cuca se resume nas conquistas", disse.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store