Ouça a rádio

Compartilhe

Atlético segue na bronca com a CBF, e solicita áudio do VAR em gol do Flamengo

O Atlético quer entender a decisão do segundo gol de Arrascaeta, marcado no duelo das oitavas da Copa do Brasil

O segundo gol do Flamengo causou polêmica pela rapidez na decisão; Everson teria defendido a bola já após a linha

A diretoria do Atlético segue na bronca com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ainda sem resposta para ter acesso aos áudios da cabine do VAR na partida contra o São Paulo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o árbitro Anderson Daronco ignorou a ida à ferramenta para analisar lances polêmicos, que favoreceriam o alvinegro, a cúpula agora faz cobrança também em relação ao duelo contra o Flamengo, nas oitavas da Copa do Brasil.

No confronto contra o rubro-negro, no qual o Galo acabou eliminado do torneio, o árbitro Wilton Sampaio validou gol dos donos da casa, marcado por Arrascaeta, num lance em que a bola teria ultrapassado, por centímetros a linha. Porém, a rapidez para a decisão, vinda do campo, causa estranheza no clube mineiro, que admite ter feito péssima partida no Maracanã.

"Estamos querendo os áudios do segundo gol contra o Flamengo. Queremos entender o que houve e quem deu o gol. Pela imagem que vimos, exaustivamente, para nós, não é claro que a bola, de fato, atravessou completamente a linha do gol e, além das imagens da bola, prestamos bastante atenção nas do árbitro e do bandeira. Isso nos causou estranhamento também. Queremos saber quem deu o gol. Num primeiro momento, nenhum dos dois confirmou. O lance foi rápido até por VAR. Queremos ter acesso áudios, por isso", destaca André Lamounier, diretor de comunicação do Atlético, à Itatiaia.

"Não estamos discutindo o jogo. Jogamos muito mal, talvez o pior na temporada. O que queremos entender é o lance do gol. Uma coisa é o Flamengo jogar melhor; não há dúvida quanto a isso. Gol é bola que a atravessa a linha. Queremos entender este processo", finaliza.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store