Ouça a rádio

Compartilhe

Turco chega a 40 partidas pelo Atlético e repete feito que clube não alcança há 5 anos

A última vez que um técnico que inicia a temporada pelo Galo atinge 40 jogos foi com Róger Machado, em 2017

Turco alcançará 40 jogos pelo Atlético neste sábado (2), no duelo contra o Juventude

Sem tempo para descansar. Esta é a rotina do Atlético que, após passagem por Guayaquil, já está na estrada novamente. Após o empate em 1 a 1 com o Emelec, no Equador, na partida de ida das oitavas da Libertadores, o alvinegro volta a campo neste sábado (2), e enfrenta o Juventude, em Caxias, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o técnico Antonio Mohamed, contratado no início de 2022 para ser o sucessor de Cuca, o confronto no Sul do país marcará um feito importante no comando do time mineiro.

Contra o vice-lanterna da competição mais importante do país, o 'Turco' completará 40 jogos à frente do Galo. Para se ter ideia, da última vez que um treinador 'quarentou' no clube, assumindo-o deste o início da temporada, foi em 2017, com Roger Machado; atualmente no Grêmio, ele encerrou sua passagem com 43 e com pior rendimento: o gaúcho teve 23 triunfos, 9 empates e perdeu 11 duelos.

Com 24 vitórias, 11 empates e outras quatro derrotas, o argentino ocupa o posto de 5º técnico estrangeiro com mais partidas pelo Atlético e, em Caxias, igualará os 40 do uruguaio Darío Pereyra, que comandou o Galo em 1999.

Na cola de Sampaoli

Com mais cinco partidas no comando do Galo, Antonio Mohamed atingirá outro feito importante, pois igualará o número alcançado pelo patriota Jorge Sampaoli, que ficou de março de 2020 a fevereiro do ano passado. O hoje comandante do Olympique de Marseille, da França, em 45 partidas, acumulou 26 vitórias, 8 empates e 10 derrotas.

Cinco técnicos estrangeiros com mais jogos no comando do Atlético:

1ª Ricardo Díez (Uruguai): 171 partidas
2ª Fleitas Solich (Paraguai): 65 partidas
3º Jorge Sampaoli (Argentina): 45 partidas
4º Darío Pereyra (Uruguai): 40 partidas
5º Antonio Mohamed (Argentina): 39 partidas

Histórico dos treinadores 'pós-Machado':

2018 - Oswaldo de Oliveira: deixou o clube com 20 partidas, para a entrada de Thiago Larghi.
2019 - Levir Culpi: deixou o clube, com 22 partidas realizadas, para a entrada de Rodrigo Santana.
2020 - Dudamel: deixou o clube, com 10 partidas realizadas, para a chegada de Sampaoli.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store