Ouça a rádio

Compartilhe

Após 1º tempo ruim, Atlético reage na etapa final e busca virada heroica sobre Fortaleza no Mineirão

Galo foi para o intervalo perdendo por 2 a 0, mas virou no segundo tempo com gol no último minuto

Rubens marcou um dos gols do Atlético na virada por 3 a 2 sobre o Fortaleza

Uma vitória heroica! Foi o que o Atlético conquistou sobre o Fortaleza, na noite deste sábado, no Mineirão, ao vencer por 3 a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0, no primeiro tempo. Sem contar com Hulk (inflamação na sola do pé), o Galo poupou outros titulares e, com time misto, mostrou um futebol fraco no primeiro tempo, mas reagiu na etapa final e marcou três vezes em 20 minutos.

Mas a atuação no segundo tempo passou longe do que o Atlético fez na etapa inicial. Desorganizado nos primeiros 45 minutos, o Galo não criou jogadas ofensivas e ainda sofreu com contra-ataques do adversário, que marcou duas vezes com Romarinho. O atacante do Fortaleza abriu o placar aos dois minutos de jogo, em um chutaço de fora da área, e ampliou aos 28, após um erro de Réver no ataque que proporcionou rápido contragolpe da equipe cearense.

No segundo tempo, o técnico Antonio ‘Turco’ Mohamed fez três alterações – Otávio, Rubens e Fábio Gomes, sendo que já tinha colocado Vargas ainda no primeiro tempo – o Galo melhorou e partiu pra cima do Fortaleza.

O Atlético chegou a diminuir o placar com o meia Rubens, após boa jogada de Vargas. Com o apoio da torcida, o Galo seguiu no ataque em busca do empate, que saiu com Réver, ele que havia falhando no primeiro gol do Fortaleza. Após cruzamento para a área, Igor Rabello ajeitou de cabeça para o Capitão América, que testou no cantinho. A torcida foi à loucura no Mineirão.

O terceiro gol do Galo saiu aos 51 minutos do segundo tempo e ainda contou com drama do VAR, que revisou o lance tentando achar um possível impedimento no cruzamento de Arana para a área. Vargas cabeceou e contou com desvio de Matheus Jussa e fez a Massa explodir de felicidade no Mineirão. O árbitro de vídeo não encontrou irregularidade e validou a virada alvinegra.

Apesar da vitória, o Atlético caiu para o quinto lugar, com 24 pontos, mesma pontuação de Athletico-PR (tem uma vitória a mais) e Inter (melhor saldo de gols). Já o Fortaleza segue afundado na 19ª posição, com 10 pontos, e segue na zona do rebaixamento.

Agora, o foco para as duas equipes é a fase oitavas de final da Copa Libertadores. Na terça-feira (28), às 19h15 (horário de Brasília), o Atlético enfrenta o Emelec, no Equador, pelo duelo de ida. O Fortaleza recebe o Estudiantes, quinta (30), às 21h30, no Castelão.

Pelo Brasileirão, o Galo volta a jogar no próximo sábado (2), às 16h30, contra o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, pela 15ª rodada. Já o Fortaleza visita o Coritiba, domingo (3), às 18h, no Couto Pereira.

ATLÉTICO 3 x 2 FORTALEZA

Atlético: Everson; Guga, Igor Rabello, Réver, Alonso (Vargas) e Arana; Allan (Otávio), Guilherme Castilho (Rubens) e Calebe; Sávio (Ademir) e Sasha (Fábio Gomes). Técnico: Antonio Mohamed

Fortaleza: Marcelo Boeck; Ceballos, Marcelo Benevenuto e Titi; Pikachu, Felipe, Ronald (Matheus Jussa), Lucas Lima (Depietri) e Juninho Capixaba; Moisés (Lucas Crispim) e Romarinho (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data: sábado, 25 de junho de 2022

Horário: 21h

Gols: Romarinho (2’/1º, 28’/1º), Rubens (30’/2º), Réver (41’/2º), Matheus Jussa (contra - 51’/2º)

Cartão Amarelo: Ronald, Marcelo Boeck, Lucas Crispim (Fortaleza)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store