Ouça a rádio

Compartilhe

Argentinos em alerta: Turco e Bustos se enfrentam e buscam recolocar Atlético e Santos no trilho

Técnico do Atlético, Antonio Mohamed vive pior momento no clube; Bustos, no Santos, não vence há cinco partidas na Série A

Técnicos de Atlético e Santos vivem momento de pressão nos respectivos clubes

Neste sábado, a 11ª rodada do Campeonato Brasileiro reserva um duelo especial entre dois técnicos argentinos no Mineirão. A partir das 19h (de Brasília), Atlético e Santos se enfrentam e buscam voltar a vencer na competição mais importante do país. Do lado atleticano, Antonio Mohamed luta para escapar da corda bamba, principalmente após um baile sofrido no Maracanã; do lado santista, Fabián Bustos vai em busca de um triunfo que não vem há cinco partidas.

Contratado no início do ano para ser o substituto de Cuca, El Turco Mohamed, de 52 anos, vive momento de instabilidade no Galo, principalmente após a derrota por 5 a 3 para o Fluminense, na última quarta-feira (8). Nas redes sociais, o '#ForaTurco' virou tendência e parte da torcida perdeu a paciência com o comandante, principalmente pela fragilidade defensiva de sua equipe e da queda de rendimento em relação a 2021.

Apesar das críticas, o técnico atleticano ainda se escora nos números conquistados na temporada e, pelo menos por enquanto, tem a confiança e o respaldo da diretoria. Com o time campeão estadual e da Supercopa do Brasil, classificado para as oitavas da Libertadores e da Copa do Brasil, e no G-4 do Brasileirão, ele tem 33 jogos, com 21 vitórias, 8 empates e outras 4 derrotas em terras tupiniquins.

Bustos

Contratado junto ao Barcelona de Guayaquil, do Equador, Fabián Bustos chegou ao Peixe no final de fevereiro, com as competições já em andamento. Um ano mais velho que o compatriota Antonio Mohamed, ele divide opiniões na Vila e também precisa mostrar serviço para ter dias de paz no alvinegro praiano.

Para se ter ideia do momento Santista, há cinco jogos o time não sabe o que é vencer no Brasileirão; são duas derrotas e três empates. Com 13 pontos somados, três a menos que o Galo, o Peixe ocupa a 10ª colocação da Série A e busca se afastar do Z-4 da competição. O Cuiabá, com 11 pontos, é o primeiro da temida zona de rebaixamento. Curiosamente, foi o adversário da última vitória de Bustos e seus comandados.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido