Ouça a rádio

Compartilhe

Festival de Gastronomia Rural de Itapecerica está de volta

Festival é um dos maiores eventos de gastronomia de Minas e ótima opção para o feriado de Corpus Christi

Aqui tem Mineiridade

Depois de dois anos do jejum provocado pela pandemia, o tradicional Festival de Gastronomia Rural de Itapecerica está de volta. Realizado sempre no fim de semana do feriado de Corpus Christi, o Festival chega à sua décima quarta edição, como um dos maiores eventos de gastronomia do Estado de Minas Gerais, sempre dedicado à culinária mineira de raiz.

 

Num clima bem mineiro, o festival tradicionalmente ocupa a principal praça da cidade de Itapecerica e diversas ruas próximas, onde são montadas barracas de madeira que oferecem pratos típicos da cozinha mineira. Para este ano, a estrutura foi ampliada, pensando na segurança e conforto de todos. O festival também abriga praças de alimentação com doces, pimentas e quitandas, engenho de cana, cachaçarias, fogo de chão, cupinzeiros, fogões e fornos a lenha e artesanato.

 

Além de saborear as delícias do festival, o público tem ainda a oportunidade de aprender a preparar os pratos, através de oficinas gratuitas de culinária, cozinha-show ao ar livre com chefs, feira de artesanato, inclusive indígena, e espaço de agricultura familiar. A programação inclui ainda shows sertanejos e muita moda de viola na Praça do Coreto e no palco principal na Praca Alexandre Szundy. E tudo acontecendo em um ambiente temático cuidadosamente decorado, para que os participantes se sintam, de fato, na zona rural.

 

Aberto ao público em geral, o XIV Festival de Gastronomia Rural é uma das boas opções para o feriado de Corpus Christi, que este ano será de 16 a 19 de junho.

 

Atrativos da cidade

 

Nascida no final do século XVII e situada no coração do Vale do Itapecerica no Centro-Oeste de Minas, Itapecerica foi o décimo município criado na Capitania de Minas Gerais, hoje estado de Minas Gerais.

 

Seus principais monumentos histórico-culturais são seu centro urbano, onde ainda permanece o casario de estilo colonial, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Igreja de Nossa Senhora das Mercês, Igreja de São Francisco e a Matriz de São Bento, obra mais imponente da cidade e local do palco principal do Festival de Inverno, formidável evento artístico da região que ocorre anualmente na última semana de julho.

 

Outro ponto de destaque está há dois quilômetros do centro urbano do município, é o casarão colonial bicentenário da Fazenda Palestina, que foi recentemente restaurado e adaptado para o turismo rural. O município abriga, entre as belas montanhas, uma aldeia Muã Mimatxi, da etnia Pataxós, centenas de referências históricas e artísticas que rotularam o município como “Berço Cultural do Centro Oeste Mineiro”. O município detém saberes e fazeres milenares, como luthiers de corda e de acordeons, cuteleiros, marceneiros e mestres cervejeiros.

 

 

(Com informações da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais - SECULT)

 

 

ITATIAIA. AQUI TEM MINEIRIDADE. OFERECIMENTO: MINAS GERAIS – GOVERNO DIFERENTE, ESTADO EFICIENTE; GERDAU. BRASILEIRA DE NASCIMENTO. MINEIRA DE CORAÇÃO E SISTEMA FECOMÉRCIO MG, SESC, SENAC E SINDICATOS PATRONAIS - SEMPRE ATUANTES E PRESENTES NA VIDA DOS MINEIROS.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido