Ouça a rádio

Compartilhe

Militares mineiros pedem afastamento para disputar eleição; porta-voz dos Bombeiros será candidato

O afastamento é válido a partir da próxima segunda-feira (4)

Porta-voz dos Bombeiros, tenente Pedro Aihara é um dos afastados para disputar a eleição

Cinco militares mineiros pediram afastamento temporário de seus cargos no Estado para disputar a eleição deste ano.

Entre os nomes, está o do bombeiro militar Pedro Aihara, 1º tenente e porta-voz da corporação, que ficou conhecido por atender a imprensa e comunidades locais durante a operação de resgate em Brumadinho, após o rompimento da barragem da Vale, em janeiro de 2019. Aihara será candidato a deputado federal pelo Patriota.

O afastamento é válido a partir da próxima segunda-feira (4), data limite que a legislação eleitoral impõe para que militares se afastem de cargos no Estado para disputar eleições - o prazo é diferente para civis que possuem cargos comissionados, que precisam deixar o posto no final de março.

Além de Aihara, também foram afastados temporariamente o 2º tenente dos Bombeiros Gedaias Gomes Brandão, candidato a deputado federal pelo PRTB, o sargento Robson Tadeu de Paula, também dos Bombeiros, candidato a deputado estadual pelo Patriota, o sargento da PM Ricardo Costa dos Santos Oliveira, candidato a deputado estadual pelo Republicanos, o 2º Sargento Jordão Vieira Silva, candidato a deputado federal pelo PSOL e o 3º Sargento Rafael Felipe Santos Moreira, candidato a deputado estadual pelo PV.

Leia Mais

Bruno Tabata

Revelado pelo Galo, meia está perto do Palmeiras e pode enfrentar o Atlético na Libertadores

LIGA

O egoísmo está atrasando a evolução do futebol brasileiro

Zema

Depois de sinalização de nome de Simões para vice de Zema, parlamentares do PP se reúnem em Brasília

Eleições 2022

Ex-presidente Lula voltará ao Estado de Minas para oficializar a aliança com Alexandre Kalil

Serra do Curral

Tamisa, empresa autorizada a minerar na Serra do Curral, não tem registro no CREA