Ouça a rádio

Compartilhe

As derrotas pelo Brasil

Hulk fez crítica ao futebol brasileiro após atitude do goleiro Diego Alves

O futebol foi derrotado algumas vezes no final de semana.

A começar com a selvageria e estupidez de alguns torcedores do Grêmio na derrota para o Palmeiras. Invasão de gramado e agressões covardes a profissionais que estavam ali trabalhando, além de quebrar equipamentos, inclusive do VAR. Cenas lastimáveis e que muito mais prejudicam do que ajudam um clube a não cair para Série B. 

O jogo mais esperado da Série A não entregou, tecnicamente, o que se esperava dele. As duas melhores equipes do Brasil acabaram frustrando quem parou seu sábado pra acompanhar uma das “finais” dos pontos corridos. Um pouco melhor para os flamenguistas, porque venceram o jogo e se mantiveram na disputa pelo título, mas ainda longe de agradar seu torcedor que está acostumado com bom futebol.

Além da pobreza técnica dentro das quatro linhas, fora delas um total desrespeito à torcida do Atlético que batalhou para conseguir assistir ao confronto. O jogo de empurra e desinteresse do Flamengo em liberar ingressos foi mais uma derrota do futebol brasileiro. Uma atitude pequena de um clube tão grande.

Outra derrota, a atitude do Cuca. Admirado e elogiado treinador do Atlético que teve um comportamento lamentável ao final do jogo. Até o momento, enquanto escrevo esta coluna, não foi informado o motivo de tanta irritação do Cuca, mas com quase toda certeza, nada que justifique a atitude agressiva para cima dos seguranças.

Ainda temos a reclamação do Hulk, com a qual concordo completamente. O comportamento do goleiro Diego Alves ao fazer uma cera absurda foi patético, antidesportivo e, infelizmente, comum. Tão comum que o goleiro Éverson, do Atlético, e todos os outros no Brasil também fazem.  Portanto a crítica do Hulk ao futebol brasileiro, que inclui o seu próprio time, é correta. 

Em meio a tantas derrotas, vale ressaltar que o Flamengo, mesmo sem brilho, foi merecedor da vitória, que Renato Gaúcho não é o melhor treinador do Brasil, mas está longe de ser o pior, e que o Galo segue sim como favorito e dependendo apenas dele pra ser o campeão brasileiro de 2021.

Por mais vitórias do futebol e comportamentos mais profissionais, vamos em frente.

Tá tudo dito!

Leia Mais

CONFIRMADO

Volante Otávio tem contrato definitivo com Atlético publicado no BID

Joia da base

Zagueiro Paulo, revelação do Cruzeiro, interessa ao Porto

É CAIXA!

Confira os gols da virada do Galo contra o Fortaleza na voz de Mário Henrique Caixa

MAIS UM CASO

Polícia prende suspeito de ameaçar William, do Corinthians

TROPEÇO

Bia Haddad perde para Kvitova, mas sobe no ranking e mira Wimbledon

Acesso rápido