Ouça a rádio

Compartilhe

Reginaldo Lopes tem reunião marcada com Alexandre Kalil 

Deputado federal é o coordenador da campanha de Lula em Minas

O deputado federal Reginaldo Lopes (PT), coordenador da pré-campanha do ex-presidente Lula em Minas Gerais e responsável pela construção do palanque petista no Estado, se reuniu, nesta terça-feira (17) com o senador Alexandre Silveira (PSD) e vai se reunir nesta quinta-feira (19) com o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. É o primeiro encontro entre o petista e o pré-candidato ao Governo de Minas, depois que Lopes foi designado interlocutor oficial de Lula na questão.

Vice

Kalil sugeriu à Lula o nome do deputado estadual petista, André Quintão como vice, mas a questão ainda não está definida. É Reginaldo Lopes quem vai desenhar a articulação e ele pode, inclusive, indicar outro nome ou ser oficialmente indicado ou escolhido pelo PT de Minas. Lopes tem apoio do presidente do Partido dos Trabalhadores no Estado, deputado estadual Cristiano Silveira.

Palanques MG e SP

Por enquanto, a pré-candidatura de Lopes ao Senado permanece. Se retirar o próprio nome, o deputado federal será um dos salvadores da aliança, já que não será um obstáculo para a candidatura de Alexandre Silveira (PSD) ao senado e, a depender do que articular com o senador, que é secretário geral do PSD nacional, pode garantir o apoio do partido à candidatura de Fernando Haddad em São Paulo. Fazendo isso, o senador cumpre a missão fazendo a costura que sacramento o apoio do PSD em Minas e em São Paulo, dois importantes palanques para Lula na disputa presidencial.

Futuro de Reginaldo

Não sendo candidato a senador e nem a vice-governador, o deputado federal pode ser candidato à reeleição e tem chances de ser o parlamentar mais votado do partido em Minas. Recordista de votos, ele foi o deputado federal mineiro mais votado em 2014 e o segundo mais votado em 2020. Reginaldo Lopes acumula a vantagem interna de ser da confiança do ex-presidente Lula e de ser o ator que pode definir a formatação do palanque petista dos dois maiores colégios eleitorais do Brasil, Minas e São Paulo.

Leia Mais

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Bolsonaro critica paridade de preços internacionais na Petrobras

INVESTIGAÇÃO

Contador ligado a Lula é suspeito de lavar R$ 16 milhões em loteria com PCC

Eleição 2022

Eduardo Leite anuncia que vai disputar o governo do Rio Grande do Sul pelo PSDB

Decreto

AGU poderá dar parecer sobre temas eleitorais no último ano do governo 

MINISTRO SOLTO

Bolsonaro minimiza prisão de Milton Ribeiro: 'não foi corrupção, foi tráfico de influência. É comum'

Acesso rápido