Ouvindo...

Times

Energia foi religada para mais metade da população atingida no RS, segundo Ministério

294 mil clientes tiveram a energia reestabelecida, 267 mil permanecem sem luz. Será iniciada a distribuição de gás de cozinha.

A energia elétrica foi religada para mais da metade da população atingida pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Segundo o Ministério de Minas e Energia, até o momento foram feitas 294 mil religações, 21 mil nas últimas 24 horas. Até o momento, 267 mil clientes permanecem sem luz. A religação depende de acesso e questões de segurança, já que grande parte dos territórios está inundada.

Distribuição de gás

Além da religação de energia, haverá distribuição de gás para cerca de 200 Cozinhas Solidárias no Rio Grande do Sul durante os próximos três meses. Serão entregues cerca de três mil botijões de 13 kg por mês para as cozinhas solidárias, organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), igrejas e associações civis, nas cidades afetadas pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul. O investimento previsto é de cerca de R$ 1,8 milhão.

O acordo foi selado na tarde desta terça-feira (14/05) durante reunião com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e o secretário-geral da Presidência da República, ministro Márcio Macedo. “A nossa grande urgência é restituir a dignidade para todas as gaúchas e gaúchos. Vamos fazer isso unidos, com o governo do estado e com os prefeitos municipais. Como disse o presidente Lula, esta é uma ação solidária, para gente poder reconstruir aquele estado, que é um compromisso de todos nós”, afirmou o ministro Alexandre Silveira.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais