Ouvindo...

Times

Pela primeira vez, consulado britânico em BH é comandado por uma mulher e mineira

Até então, o cargo só havia sido ocupado por homens ingleses. A embaixada do Reino Unido, em Brasília, também é comandada por duas mulheres

Minas Gerais é um dos quatro estados brasileiros que tem escritórios regionais do governo do Reino Unido. A Embaixada fica em Brasilia e os consulados estão instalados em Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em Minas, é a primeira vez que uma mulher assume o posto. Em novembro, Maria Bueno, que é mineira, substituiu o britânico Lucas Brown, que deixou o cargo em setembro para se dedicar à iniciativa privada.

Diferente da diplomacia brasileira, nos consulados britânicos os diplomatas não precisam ser concursados, mas passam por um rigoroso processo de seleção para as vagas.

Maria Bueno é doutora em Direito Público, com ênfase em Direito Internacional. Ela foi professora da PUC e do IBMEC, onde ainda leciona. No Governo de Minas, foi chefe da assessoria de cooperação nacional e internacional. Na Unesco, trabalhou na sessão de educação superior.

Protagonismo feminino

Além da chefe do escritório em Minas, a embaixadora do Reino Unido no Brasil é mulher, Stephanie Al-Qaq, e a vice-embaixadora também, Melanie Hopkins. É a unica embaixada sediada no Brasil com duas mulheres no comando. A direção do consulado no Recife e as vices do Rio e São Paulo também são mulheres.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais