Ouça a rádio

Compartilhe

As máximas do Caixa e a injustificável ausência de Hulk na Seleção

Camisa 7 atleticano faz o jogar bola parecer ser fácil em noite de gala no Gigante da Pampulha

Hulk encobre Diego Alves para abrir o placar no clássico da última quarta-feira, no Mineirão, pela Copa do Brasil, quando o Atlético fez 2 a 1 no Flamengo

“Quando o Hulk pega na bola, a defesa do Flamengo pega no terço”. A frase dita pelo Caixa na narração da Rádio Itatiaia, na metade do segundo tempo, quando o Atlético vencia o clássico da última quarta-feira (22), no Mineirão, por 2 a 0, é o melhor retrato do que foi o jogo de ida entre os dois clubes pelas oitavas de final da Copa do Brasil, que terminou com o placar de 2 a 1 para o Galo.

A máxima do Caixa poderia ter até um complemento, pois quando o Hulk pega na bola, a defesa adversária pega mesmo no terço e nós ficamos com os olhos vidrados no campo, pois ele é diferente.

E esses dois jogos seguidos do Atlético contra o Flamengo, um dos melhores times da América do Sul, foram provas claras disso. No último domingo (19), nos 2 a 0 atleticanos pelo Brasileirão, as grandes atuações de Eduardo Vargas, Nacho Fernández e Keno exigiram do camisa 7 de Antônio Mohamed ser apenas o integrante de um ataque que brilhou. É como se fosse um coadjuvante da obra.

Três dias depois a história foi diferente. O atacante chileno e o meia argentino, talvez até pelo desgaste físico, não conseguiram a mesma entrega do último domingo. O camisa 11 saiu cedo de campo, por mais uma lesão. E o protagonismo de Hulk decidiu o jogo a favor do Galo.

E ele fez isso com a maior simplicidade do mundo, pois faz o jogar bola parecer ser fácil. Fruto da união de força física com qualidade técnica.

Logo após o golaço que marcou no início do confronto, Álvaro Damião o definiu como: “Locomotiva”. E ele foi exatamente isso. Em determinados momento parecia puxar sozinho o Atlético para cima do Atlético.

É uma pena que Tite não tenha dado a Hulk as chances que ele merece na Seleção Brasileira. Principalmente porque no Catar cada equipe poderá ter 26 jogadores.

Imagino que o Cleber Xavier, auxiliar do treinador canarinho, que esteve no Gigante da Pampulha na última quarta-feira, deve ter sentido uma ponta de constrangimento.

Tite tem o direito de convocar quem quiser para a Seleção Brasileira. Mas as poucas chances a Hulk desde o segundo semestre do ano passado são injustificáveis.

Para isso, recorro a outra máxima do Caixa, que é sem dúvida nenhuma quem melhor define o craque atleticano: “Mas joga muito o tal do Hulk”.

Leia Mais

Zema

Depois de sinalização de nome de Simões para vice de Zema, parlamentares do PP se reúnem em Brasília

Eleições 2022

Ex-presidente Lula voltará ao Estado de Minas para oficializar a aliança com Alexandre Kalil

Serra do Curral

Tamisa, empresa autorizada a minerar na Serra do Curral, não tem registro no CREA

ALÉM DE SAFADÃO

Além de Safadão, outros famosos tiveram rompimentos polêmicos com seus empresários. Relembre! 

ELEIÇÕES 2022

MDB mineiro tem pré-candidato ao Senado, mas resiste à pressão por aliança com PSDB para o Governo

Acesso rápido