Ouça a rádio

Compartilhe

O peso do Atlético x Flamengo nas oitavas da Copa do Brasil

Duelo reúne os dois últimos campeões brasileiros 

Galo e Fla fazem o maior clássico interestadual do Brasil

Atlético x Flamengo é o maior clássico interestadual do futebol brasileiro e confronto transforma em ainda mais sensacionais as oitavas de final da Copa do Brasil de 2022. E essas partidas diante do rival carioca serão fundamentais para que o Galo possa superar da forma mais rápida possível o processo que vê o rubro-negro viver nas últimas temporadas.

O 2019 flamenguista, principalmente sob o comando do português Jorge Jesus, foi anormal. O time decretou o recorde de aproveitamento na conquista do Brasileirão e venceu a Copa Libertadores de forma inquestionável e emocionante.

Desde então, o flamenguista, até pela manutenção da mesma base de jogadores, cobra do seu clube um rendimento igual ao de 2019 e qualquer coisa diferente disso é tratado como fracasso.

Este cenário explica o rodízio de treinadores e agora a pressão sobre o português Paulo Sousa, que não consegue fazer o time ter um grande rendimento na temporada 2022 apesar da força do elenco. É evidente o papel que a pressão externa tem neste processo.

O 2021 do Atlético foi tão espetacular como o 2019 do Flamengo. O Galo venceu Campeonato Mineiro e levou Brasileirão e Copa do Brasil até com certa facilidade. Mais um ponto fora da curva, mas que para o torcedor virou a nova “realidade”.

Cuca deixou a Cidade do Galo, chegou Antônio Mohamed, o grupo de jogadores perdeu em qualidade em relação a 2021, o time passou a ser o alvo de todo mundo e a cobrança se transformou no maior adversário alvinegro.

Qualquer atuação ruim ou tropeço aparecem como a prova de que o Turco não serve e de que 2022 é um pesadelo diante do sonho vivido pelo atleticano em 2021.

Antes de ter as oitavas de final diante do Flamengo resolvida, na metade de julho, o Atlético de Mohamed já terá sua sequência na Libertadores definida num mata-mata em que carrega o favoritismo contra o Emelec, do Equador.

Além disso, o Brasileirão já estará quase no final do turno e o Galo, com certeza, ocupará a ponta ou brigando por ela. Mas o peso de um duelo de mata-mata contra o Flamengo pesa demais. Principalmente num momento em que não ganhar tudo é encarado por parte da torcida como fracasso, ainda presa no 2021 fora da curva.

Este ingrediente estará presente nos dois duelos entre atleticanos e flamenguistas. O que a gente alvinegra precisa saber é que as oitavas de final da Copa do Brasil de 2022 não são a régua da temporada. O Galo, apesar da força atual e tradição dos dois clubes, é favorito. Isso não garante que ficará com a vaga. E se isso não acontecer, não pode ser algo que coloque em risco o restante da temporada. O Flamengo é prova disso.

Leia Mais

Zema

Depois de sinalização de nome de Simões para vice de Zema, parlamentares do PP se reúnem em Brasília

Eleições 2022

Ex-presidente Lula voltará ao Estado de Minas para oficializar a aliança com Alexandre Kalil

Serra do Curral

Tamisa, empresa autorizada a minerar na Serra do Curral, não tem registro no CREA

Bolsonaro

“Ambiente muito favorável para Bolsonaro”, afirma industrial mineiro

Eleições 2022

Pré-candidato ao Senado, Cleitinho teve encontro com Bolsonaro em Brasília

Acesso rápido