Ouvindo...

Times

Dez anos após matar namorada na noite de Natal, homem é condenado a 22 anos em MG

Crime aconteceu em dezembro de 2013 em Betim, na Grande BH; homem atacou a companheira pelas costas e a enforcou até a morte

O Tribunal do Júri de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, condenou um homem a 22 anos e seis meses de prisão por assassinar a namorada em dezembro de 2013, há mais de uma década. Na última terça-feira (18), o júri popular acatou a denúncia do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e considerou o réu culpado.

Segundo o MPMG, o crime aconteceu na casa da vítima, na noite de Natal. Após uma discussão com a namorada, o homem atacou a companheira pelas costas e a enforcou até a morte. À época, a vítima tinha 38 anos e o autor do feminicídio, 26.

A investigação também revelou que o homem ameaçava a namorada de morte toda vez que ela tentava terminar o relacionamento.

Leia também

No julgamento, o conselho de sentença votou favoravelmente em todos os pleitos formulados pelo MPMG. Os jurados reconheceram que o crime foi cometido em um ambiente doméstico, qualificado pelo motivo torpe, mediante meio cruel e pela utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

O réu não poderá recorrer em liberdade.


Participe dos canais da Itatiaia:

Fernanda Rodrigues é repórter da Itatiaia. Graduada em Jornalismo e Relações Internacionais, cobre principalmente Brasil e Mundo.
Leia mais