Ouvindo...

Times

Conselheiros tutelares de BH pedem socorro após mais um caso de ameaça de morte: ‘Precisou pedir escolta’

Reunião entre a categoria e a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) deve ocorrer nesta sexta-feira (21)

Conselheiros tutelares irão se reunir com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), às 15h, desta sexta-feira (21), para debater a questão da segurança após trabalhadores da regional Pampulha terem sido ameaçados de morte por traficantes da Vila São José após uma ação na comunidade.

“Cinco colegas foram ameaçados de morte por protegerem quatro crianças que estavam em completo estado de abandono pelos pais. Os conselheiros sofreram ameaças de serem alvejados no próprio local de trabalho. Precisou pedir escolta policial”, relatou uma das trabalhadoras, que preferiu não se identificar. Por causa disso, a unidade da Pampulha não funcionou nessa quinta-feira (20).

Leia também

Ela ainda relatou o medo constante. “Estamos pedindo socorro e atenção. Ontem, foram com os colegas da Pampulha. Mas já aconteceu com equipes da Centro-Sul e do Barreiro. Ninguém faz nada. Foi preciso essa ameaça para conseguirmos uma reunião com o secretário porque ninguém nos atende”, disse uma trabalhadora que preferiu não se identificar.

Ela ainda disse que muitos profissionais estão adoecendo. “Muitos conselheiros foram afastados por atestado médico porque estão doentes de tantas ameaças que vêm sofrendo de tantas violações que presenciam”, acrescentou. Além disso, denunciou a falta de estrutura: “Os conselhos estão sucateados. Tem unidade que não tem cadeira para se sentar”, disse.

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informa que foi realizada ontem uma reunião com representantes de Conselhos Tutelares. Outra reunião está marcada para hoje, com a presença de integrantes da Guarda Municipal. Cabe ressaltar que os Conselhos Tutelares têm a presença de agentes fixos da Guarda Municipal durante todo o período de funcionamento.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter policial e investigativo, apresentador do Itatiaia Patrulha.
Leia mais