Ouvindo...

Times

Justiça condena jogadores a indenizar árbitro de futebol por agressão em MG

Episódio ocorreu quando ele atuava pela semifinal do campeonato rural de Rio Pardo de Minas em outubro de 2022

Dois atletas foram condenados a indenizar um árbitro de futebol em R$ 3 mil, cada um, devido a agressões físicas ocorridas após uma partida. A decisão é 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). As informações foram divulgadas nessa terça-feira (18).

O árbitro sustentou que durante semifinal do campeonato rural de Rio Pardo de Minas, em outubro de 2022, aplicou a um atleta, por duas vezes, o cartão amarelo, o que resultou em cartão vermelho e expulsão de campo.

Leia também

Leia também: Árbitro de Copa do Mundo detona expulsão de Hulk, do Atlético: ‘Não é assim’
Funcionária proibida de ir ao banheiro será indenizada por empresa de telemarketing
Justiça confirma justa causa de trabalhador que usou camisa em apologia à tortura em BH

No final da partida, conforme o TJMG, o árbitro foi surpreendido com reclamações e ofensas de jogadores, técnico e torcedores — momento em que teriam ocorrido as agressões físicas.

O juiz da Vara Única da Comarca de Rio Pardo de Minas julgou o pedido do árbitro improcedente, devido à impossibilidade de determinar quem causou as agressões em meio ao tumulto. A vítima recorreu e o relator modificou a decisão.

O magistrado entendeu haver provas de que duas pessoas praticaram as agressões.


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais